SDR entrega patrulha mecanizada em Arroio do Meio

A Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR/RS) entregou nesta segunda-feira, dia 1º, em Arroio do Meio, um trator de esteira e uma escavadeira hidráulica. A patrulha mecanizada, que representa um investimento de R$ 500 mil na região, será utilizada por todos os municípios dos vales do Taquari e do Rio Pardo para a elaboração de projetos voltados à aquicultura, a piscicultura e a irrigação. No estado inteiro serão cerca de R$ 7 milhões investidos pelo governo em equipamentos, com vistas a fortalecer o trabalho do homem no campo.

A entrega do maquinário simboliza o fortalecimento da parceria entre diversas instituições, sejam elas da esfera estadual ou municipal. Enquanto o Governo do Estado fornece os equipamentos, a Emater/RS-Ascar se compromete a elaborar os projetos, tendo por base programas da SDR/RS – como Irrigando a Agricultura Familiar e o RS Pesca e Aquicultura – ou mesmo de outras secretarias do estado. Ao município, cabe disponibilizar operadores para o maquinário, fornecer o combustível e cuidar da manutenção dos equipamentos.

Já ao agricultor cabe a “tarefa” de produzir, a partir dos projetos efetivados. É o caso do aposentado João Gilberto Kreutz, da localidade de Arroio Grande. Aos 71 anos, Kreutz conta com o apoio dos sobrinhos que tocam a propriedade que tem como carro-chefe a bovinocultura de leite. A partir de um projeto já elaborado, o produtor será o primeiro beneficiado pela obtenção das patrulhas mecanizadas. Na localidade onde mora, será construído um açude para a piscicultura e também para outros usos. “Se a produção for boa, já penso em solicitar a construção de um segundo”, afirma.

Presente ao evento, o diretor do Departamento de Infraestrutura Rural, Irrigação e Usos Múltiplos da Água (Dinfra), da SDR, Vilmar Galvão, ressaltou o fato de o maquinário poder ser utilizado por todos os 59 municípios dos vales do Taquari e Rio Pardo. A intenção é realizar uma média de dez projetos por município. “Esta é uma ação concreta da SDR, que leva as políticas públicas diretamente para a casa do agricultor”, enfatizou. Galvão lembrou ainda que o investimento é uma forma de instrumentalizar a assistência técnica, que ampliará as ações realizadas junto aos públicos assistidos.

O gerente regional da Emater/RS-Ascar, Luiz Bernardi, valorizou o trabalho em parceria ao afirmar que ações do tipo potencializam o atendimento ao agricultor. Como diferencial, Bernardi lembrou que os projetos feitos a partir de programas da SDR, já vem alinhados com a política de licenciamento ambiental, o que agiliza o processo e aumenta a responsabilidade dos envolvidos na elaboração dos projetos. “Nossos técnicos já estão capacitados para atender a esta demanda que representa não apenas a aproximação do agricultor às políticas públicas, mas também um impacto significativo e positivo na economia local” finalizou.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...