Roca Sales solicita maquinário para fomento da piscicultura

A Administração Municipal recebeu, na manhã desta segunda-feira, dia 22, a visita do Superintendente da Pesca no Rio Grande do Sul, Gilmar Coelho. O encontro ocorreu no Gabinete da Prefeitura e contou com a participação do prefeito Nélio José Vuaden; secretário da Fazenda, Jones Wünsch; assessor de Planejamento, Guilherme Redecker; e o técnico da Superintendência, Eduardo Barile Ferreira. Na oportunidade, os roca-salenses apresentaram a situação atual do município em relação à piscicultura, o número de açudes e produtores. Falaram também sobre a inserção do pescado na alimentação escolar.

Após as explanações, o grupo solicitou à Coelho apoio ao Programa de Desenvolvimento da Aquicultura Familiar, por meio da aquisição um trator de esteiras e uma escavadeira hidráulica, destinados à construção, reforma e manutenção de viveiros de peixes. As máquinas serão utilizadas para aumentar a área alagada de 45 para 63 hectares, assim como o número de famílias atendidas de 72 para 108 e a sua geração de renda. A meta também é construir 35 viveiros, oferecendo manutenção em 68, introduzir o consumo da espécie tilápias e contribuir para o aumento da economia do município.

Conforme Vuaden, a meta é aumentar a renda das famílias que já são produtoras e inserir as demais no mercado da piscicultura. “O objetivo também é oferecer um acompanhamento ao piscicultor, para que a produção final tenha um alto teor de qualidade, o que influenciará no consumo do pescado. Para isso, serão realizadas capacitações da mão de obra e incentivos para a permanência no campo”, afirma. Para Coelho, o município está avançando no setor. “Roca Sales produz bastante peixe e já inseriu o pescado na alimentação escolar, que é primordial para o crescimento do setor, já que as crianças levarão essa cultura para seus lares e, consequentemente, o consumo aumenta em toda visivelmente na sociedade”, observa. Ele falou sobre os investimentos do Governo Federal na área, programas e planos disponíveis, como também linhas de créditos oferecidas ao produtor. “Buscamos manter o pessoal na atividade agrícola, evitando o êxodo rural. Por isso, ofertamos créditos para fortalecimento do setor”, completa.

Após a reunião, as lideranças seguiram para um encontro no CTG Tropeiros da Amizade, onde o Técnico Agrícola da Emater/RS, Deoclésio Piccoli, apresentou a história do pescado em Roca Sales, dados estatísticos e as capacitações realizadas com merendeiras da rede municipal de ensino. Em seguida, a estagiária de Nutrição, Daiane Bergamaschi, palestrou sobre “Importância do peixe na alimentação escolar e familiar”. Participaram também do encontro o vice-prefeito, Eloí Machado dos Santos; Coordenador Regional da Secretaria do Desenvolvimento, Pesca e Cooperativismo, Rudimar Müller; Gerente Regional da Emater/RS, Luiz Bernardi; Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Roca Sales, Egon Schneider; secretário Municipal da Agricultura, Evaristo Bronca; soberanas do município, Rainha Natália Volken Lutz, 1ª Princesa Bruna Kautzmann e 2ª Princesa Hélen Schüssler; e o mascote da ExpoRoca e Fecarpa, Carpito.

Assinatura de contrato de agroindústrias

Durante o encontro, também foram formalizadas duas assinaturas de contrato de agroindústrias – uma de doces e geleias e outra de pães e massas -, que receberão recursos num valor total de R$ 50 mil, referentes à Participação Popular e Cidadã (PPC). Os valores serão utilizados em construções, reformas e adequações estruturais. Os beneficiários serão os produtores Sandro Kappler, da Linha Marechal Floriano Alta, e Waldemir Agostini, da Linha João Abott, que receberão, respectivamente, os valores de R$ 36 mil e R$ 14 mil.

Para encerrar o encontro foi servido um almoço à base de peixe.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...