Pedalada Cidades Criativas quer incentivar novos olhares sobre Lajeado

Quem tem bicicleta já pode se agendar. Dia 30 de agosto realiza-se o Pedalada Cidades Criativas pelas ruas de Lajeado. A iniciativa é uma ação conjunta do grupo Valeciclismo, União das Associações de Bairros de Lajeado (Uambla), Construmóbil 2015 e Jornal A Hora. “Será uma oportunidade para vermos a cidade de um outro ângulo, curtir as paisagens. Além disso, pedalar faz bem para a saúde”, destaca Fabricio Meneghini, integrante do Valeciclismo.

A saída será às 9h no Parque Professor Theobaldo Dick e não há necessidade de inscrição prévia. Haverá dois trajetos, de 12 quilômetros e 17 quilômetros, em ritmo de passeio. Será uma volta com passagem pelo Bairro Hidráulica, Parque do Imigrante e Univates. Neste ponto, quem quiser retorna pela Avenida Senador Alberto Pasqualini até o Parque dos Dick ou prossegue. O passeio continua em direção aos bairros Campestre, Olarias, Montanha, Florestal, Moinhos, com parada final também no Parque dos Dick.

A participação é aberta a todos os interessados, adultos e crianças, e não tem custo. Também dispensa inscrição prévia, basta chegar no local e se integrar ao grupo. A expectativa é de que até 200 ciclistas se engajem à atividade. “Esta ação contempla a preocupação de incluir um olhar sobre a cidade como um todo, como um organismo vivo que deve ter conexão entre si”, comenta a bióloga e voluntária da Construmóbil 2015, Diana Blum Kunzel. Ela adianta que haverá paradas estratégicas ao longo do percurso, com o objetivo de observar aspectos como o nível de urbanização dos bairros, ambiente e desenvolvimento, existência e ocupação de espaços públicos.

Até a Construmóbil 2015, que acontece de 22 a 27 de setembro, outras ações ainda serão realizadas, como um café no Centro Histórico e plantio de mudas de árvores. O objetivo é despertar e refletir sobre Cidades Criativas, tema da feira deste ano. A feira é uma realização da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) e Prefeitura de Lajeado. Tem o patrocínio de Caixa Econômica Federal e Bebidas Fruki. Apoio de Sinduscom Vale do Taquari, Certel, Max Ambiental, Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo, Sebrae, Banco do Brasil e Corsan.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...