Palestra esclarece novas normas para construção civil

Lajeado – A Norma de Desempenho – NBR 15.575 foi o assunto da palestra que reuniu construtores, arquitetos e engenheiros na última quinta-feira, dia 23. O encontro foi realizado na sede da Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Vale do Alto Taquari (Seavat), que organizou a atividade em conjunto com o Sindicato das Indústrias da Construção, Mobiliário, Marcenarias, Olarias e Cerâmicas para a Construção, Artefatos e Produtos de Cimento e Concreto Pré-Misturados do Vale do Taquari (Sinduscom-VT) e a Indústria de Artefatos de Concreto Ltda. (DosaCon).

Foi a oportunidade para os profissionais que atuam na construção civil se inteirarem das novas exigências da lei que passam a valer a partir de julho. Focada em critérios para projetos habitacionais, a NBR 15.575 vai provocar transformações na construção civil. “A partir dela teremos o antes e o depois da construção civil”, afirmou o engenheiro civil Bernardo Fonseca Tutikian.

O palestrante entende que a sua aplicação vai influenciar diretamente no futuro da atuação de empresas e profissionais. “Isso deve ser visto como uma oportunidade. Quem se adequar vai se diferenciar no mercado, será mais valorizado”, destacou Tutikian. Entre as principais mudanças impostas pela nova lei está a durabilidade dos projetos, sendo que passam a ser obrigatórias as definições da vida útil, dos materiais a serem comprados para a obra e as dicas de manutenção.  Cada profissional passa a ter incumbências pré-definidas, como o projetista de estabelecer a vida útil da obra; e o incorporador de identificar os riscos previsíveis na época do projeto, a exemplo de contaminação do lençol freático.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...