Magia e arte circense do grupo Tholl encantam público na primeira noite da Estrela Multifeira

Música, humor e arte marcaram a primeira noite da Estrela Multifeira nesta quarta-feira (04). Depois das apresentações da Orquestra do Colégio Martin Luther e do humorista Felipe Pires, o grupo Tholl encantou o público com a magia da dança, do teatro e do circo no espetáculo Cirquin. Inspirados na arte mambembe, 11 artistas interpretaram a história da trupe que por meio de acrobacias e modalidades circenses tenta conquistar o coração da bailarina, tudo envolto em figurinos e maquiagens bem elaborados, trilha sonora envolvente e domínio dos movimentos em instrumentos como bambolê, gangorra e mastro chinês.

Os olhos atentos de Scheila Santos demonstravam o quanto ela estava admirada com a performance dos artistas. Vinda de Bom Retiro do Sul com as filhas Luana e Vitória, ela assistia ao grupo pela primeira vez e enalteceu a beleza do espetáculo: “É contagiante. Não dá nem para piscar”. Também atenta ao que acontecia no palco, a estrelense Luiza Bourscheid saiu mais cedo da escola para conferir a apresentação. Estudante de teatro há cinco anos, ela estava impressionada com a técnica dos atores e ao lado da mãe Marisa ressaltou a oportunidade de ver o trabalho do renomado grupo. Sobre a ausência na aula, ela garantiu: “Valeu a pena”.

Fonte Assessoria de imprensa Estrela Multifeira

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...