Lives reúnem cerca de 300 professores do programa A União faz a Vida

Promover os valores de cooperação e cidadania por meio de práticas de educação é uma das missões do programa A União Faz A Vida, desenvolvido pela Sicredi Integração RS/MG na região. Com escolas sem aulas presenciais e encontros inviabilizados pela pandemia do Coronavírus, a instituição financeira de crédito decidiu inovar e buscar alternativas para interagir com os professores envolvidos no projeto.

Denominado Aprender, Saber e Reaprender, o projeto baseado em lives (transmissões ao vivo) teve como facilitador o professor e palestrante Marcos Schwingel. Cerca de 300 professores de mais de 30 escolas dos municípios de Lajeado, Travesseiro, Mato Leitão e Santa Clara do Sul – onde o programa acontece – participaram dos encontros virtuais. Eles foram divididos em grupos e acompanharam três lives com abordagens de assuntos sobre como funciona a nossa mente, relacionamento interpessoal e reorganização dos planos e sonhos de cada um. Conforme Schwingel, o objetivo foi ajudar as pessoas, tendo em visto a ruptura de rotina e as adequações que todos precisaram fazer para seguir em frente na vida pessoal e profissional durante a pandemia. “Devemos nos perguntar quem sou eu neste novo momento. Converso com muitas pessoas e elas me dizem: ‘quando isso passar’. Eu não tenho mais toda essa certeza que vai passar e ser a mesma coisa que era antes. Mesmo que passe, não vai ser como antes, teremos novas habilidades e saído da zona de conforto, da qual toda essa situação nos tirou”, avaliou.

Inteligência positiva, neutralização de questões negativas, organização do tempo e a necessidade de superar o medo para sair da zona de conforto foram alguns dos assuntos tratados. O facilitador compartilhou com o grupo reflexões e estímulos, entre os quais as virtudes dos sábios, como empatia e ação decisiva, que segundo ele devem ser capitalizadas em nossas vidas. “A perspectiva do sábio envolve aceitar o fato em vez de engar, rejeitar ou se ressentir. Ela aceita todos os resultados e circunstâncias como dádiva e oportunidade. Esse é o grande segredo”, disse Schwingel.

Para quem acompanhou, as lives foram uma boa alternativa de reencontro e auxílio às novas demandas. “Esse momento de troca e conversa é muito importante para nos fortalecer para o que vem pela frente ainda. Somo um ponto de referência para as famílias, dentro da educação de cada município”, afirmou a diretora pedagógica Simone Silberschlag, de Mato Leitão.

Fonte Assessoria de imprensa Sicredi Integração RS/MG

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...