Lideranças regionais manifestam apoio à filantropia da Ascar

Os delegados que compõem a 19ª Delegacia de Polícia Regional, que conta com 30 municípios do Vale do Taquari e tem sede em Lajeado, manifestaram em documento, o apoio a manutenção da filantropia da Ascar. De maneira simbólica, a delegada titular Elisabete Barreto Müller, entregou na última quarta-feira, dia 3, o abaixo-assinado, com as assinaturas dos 19 delegados que integram a região. Além dos delegados, outras lideranças regionais, como o presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), José Luiz Cenci, a coordenadora da 3ª Coordenadoria Regional de Educação, Marisa Bastos, e vereadores da região também manifestaram apoio à causa.

Para Elisabete, os agentes policiais sempre manifestarão apoio incondicional a Ascar, não apenas pelo trabalho técnico e social desenvolvido pela instituição em todo o estado, mas também pela confiança no esforço voltado ao fortalecimento e ao desenvolvimento sustentável da agricultura gaúcha, que tem como base o homem do campo. “A Polícia Civil, que busca de maneira permanente a aproximação com as comunidades, é parceira de todas as entidades que, com ética e ações sérias, promovam a qualidade de vida da população”, enfatizou referindo-se à Emater/RS-Ascar.

O gerente regional da Emater/RS-Ascar de Lajeado, Luiz Bernardi, vê com grande satisfação o reconhecimento dos mais variados setores da sociedade e o apoio incondicional na luta pela manutenção do serviço de assistência técnica e extensão rural prestado pela Instituição aos agricultores familiares. “Se a Ascar deixar de existir, cerce de 27,5 mil produtores rurais do Vale do Taquari ficarão desassistidos”, enfatizou.

Entenda o caso

O processo em que a Ascar busca recuperar na Justiça o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas/Filantropia), cassado em 2003, e o direito retirado em 1992 de não pagar a contribuição patronal ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será julgado na Vara Tributária. Se a liminar que mantém a filantropia for cassada, a Ascar terá de pagar aproximadamente R$ 2 bilhões em dívidas, o que inviabilizaria a Instituição, levando-a a seu fechamento.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...