“Languiru sem fronteiras” Cooperativa reconhecida como destaque em alimentos no Prêmio Exportação RS

Entrega da premiação da 48ª edição do "Oscar" da exportação gaúcha ocorreu no dia 15 de dezembro

A Cooperativa Languiru integra, mais uma vez, seleto grupo de empresas gaúchas homenageadas pela atuação no mercado internacional. A cooperativa foi laureada como Destaque Setorial – Alimentos no 48º Prêmio Exportação RS, promovido pela Associação dos Dirigentes de Marketing e Vendas do Brasil (ADVB/RS). A premiação ocorreu no dia 15 de dezembro, em Porto Alegre, com público limitado e transmissão ao vivo pelas redes sociais. A Languiru esteve representada pelo vice-presidente Cesar Wilsmann e pelo gerente de Comunicação. Marketing e Cooperativismo, Alexandre Schneider.

O prêmio

A seleção considera critérios e dados de exportação de órgãos governamentais e a expertise de entidades com relação de suporte, integrantes do Conselho do Prêmio. São nove categorias: destaques Mercadológico, Setorial, Inovação Tecnológica, Avanço Global, Serviços Exportados, Serviços de Suporte à Exportação, Empresas Comerciais Exportadoras Trading Companies, Pequeno Desbravador Internacional e Personalidade Competitividade Internacional. Considerado o maior evento do segmento no país, distingue empresas que obtiveram os melhores resultados mercadológicos e desenvolveram estratégias inovadoras para expor e comercializar seus produtos.

Destaque Setorial

Wilsmann recebeu o troféu concedido à Languiru. “Contamos com vasto mix de produtos, que busca atender as necessidades dos nossos clientes internacionais. Estamos felizes em poder participar do ‘Oscar’ da exportação gaúcha. O agronegócio mostra a sua força para o desenvolvimento econômico do país, e precisa ser valorizado por isso”, destacou, em nome da direção.

Habilitação para mais de 40 países

As carnes de aves e de suínos formam a base de exportações da Languiru, com habilitação para mais de 40 países. O volume de negócios no mercado externo representou R$ 88 milhões em 2019, com projeção de R$ 148,9 milhões para 2020.

Na linha de aves, destaque para o frango inteiro, peito de frango, dorso, asa inteira e coxa americana, além do pé, que é considerado uma iguaria em alguns mercados, especialmente o asiático. Na linha de suínos, a Languiru leva para outros países o pernil, paleta e sobrepaleta sem ossos, carré, barriga e miúdos como língua, focinho, máscara, rabo, pé dianteiro e traseiro, também iguarias para os asiáticos.

O trabalho árduo desde o início da cadeia produtiva, nas propriedades rurais das famílias de associados, passando pelos rigorosos controles de qualidade e segurança na industrialização, permitem que a marca Languiru vá tão longe.

Fonte Assessoria de Imprensa Cooperativa Languiru

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...