Inauguração de agroindústria garante sucessão familiar em Encantado

A comemoração do Dia do Colono não poderia ser melhor para a família Zanella do município de Encantando que, na última quinta-feira, dia 25, inaugurou a sua agroindústria de compotas, conservas e geleias. Localizada em Linha Lajeadinho, a NZ Alimentos está apta, nas esferas financeira, sanitária e ambiental, para a realização das atividades. A placa que certifica legalmente a agroindústria foi entregue a família pelo diretor do Departamento de Agroindústria Familiar, Comercialização e Abastecimento (Daca), da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR/RS), Ricardo Fritsch.

Para o patriarca da família, seu Vitório Zanella, é a concretização de um sonho que começou a 30 anos, quando ainda produziam hortigranjeiros para o consumo próprio, vendendo o excedente para os vizinhos. Hoje, uma das maiores incentivadoras da agroindústria é a filha, Marilete Zanella, de 30 anos. O empreendimento a fez retornar à propriedade, em fevereiro deste ano. “Trabalhei em uma indústria durante treze anos”, afirma.

Marilete explica que, muitas vezes, o produtor rural sabe plantar e colher, mas não tem a habilidade para processar o alimento, algo que sempre representa valor agregado para os produtos. Nesse sentido, nunca deixou de estudar e de se qualificar. “Além de cursos de boas práticas de fabricação, que fiz com o apoio da Emater, também sou formada no curso de Gestão de Cooperativas”, diz. A formação ampliou a sua visão empreendedora. “Os conhecimentos que adquiri e a qualidade do que produzíamos fizeram as vendas aumentarem cada vez mais”, avalia.

Com o incentivo da Emater/RS-Ascar, por meio do Programa de Agroindústrias da SDR/RS, e da prefeitura municipal, por meio da Lei de Incentivo as Agroindústrias, a família conseguiu dar os encaminhamentos necessários para a comercialização de produtos. Hoje, vendem conservas de pepinos, brócolis, rabanete, couve-flor, além de geleias de frutas, recolhidas diretamente da horta da propriedade. Durante o mês são vendidos cerca de 500 vidros de conservas, com preços que variam de R$ 3,50 a R$ 10. “Mas no nosso estoque temos mais de cinco mil vidros”, orgulha-se seu Vitório.

Para Fritsch, a retomada do programa e do selo Sabor Gaúcho, em 2011, facilitaram o processo de legalização de agroindústrias, especialmente no que se refere à questão sanitária. “Hoje, são 1,3 mil agricultores cadastrados no Susaf (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agroindustrial), no estado” ressalta Fritsch. “São empreendimentos amparados pela Lei, como este que inauguramos hoje”, diz. Ainda em sua fala, elogiou o trabalho do assistente técnico regional em Agroindústrias da Emater/RS-Ascar, Nilo Kern Cortez, pelo trabalho realizado nos vales do Taquari e Caí, que hoje contam com quase 200 agroindústrias legalizadas.

O gerente regional da Emater/RS-Ascar Luiz Bernardi também elogiou o trabalho de Cortez. “Parte da história das agroindústrias locais se deve a ele e as programas de Governo que beneficiam a agricultura familiar”, ressaltou. Presentes no evento, outras autoridades também se pronunciaram. Para o prefeito Paulo Costi, um empreendimento do tipo pode inclusive alavancar o turismo. “É uma forma de mostrar pra população regional o que produzimos e com que qualidade produzimos”, avalia.

Recursos para agroindústrias

O dia também foi de assinatura de contratos para agroindústrias da região que receberão recursos da Participação Popular em Cidadã. Em Encantado, a agroindústria de processamento de hortigranjeiros de João Francisco Sfoglia receberá R$ 25 mil. O dinheiro será usado para conclusão de obras e aquisição de uma câmara fria. Em Capitão, serão R$ 50 mil para que o produtor Rodrigo Zanotelli inicie a construção de uma agroindústria de processamento de pescados. No município de Colinas, quatro agroindústrias também formalizaram o recebimento de recursos na tarde de ontem. As atividades contaram com a presença dos coordenadores regionais da SDR/RS Mauro Stein e Rudimar Müller, além de integrantes da Emater/RS-Ascar e das administrações municipais.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...