Encontro em Roca Sales debate o fomento à piscicultura no município

Um encontro realizado no CTG Tropeiros da Amizade em Roca Sales, nesta segunda-feira, dia 22, teve o objetivo de debater o fomento à piscicultura no município, com vistas a ampliar a produção local. Na ocasião, estiveram reunidos integrantes da Emater/RS-Ascar, da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR/RS), do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), da Prefeitura, além de professores, nutricionistas e agricultores. O evento – que também contou com visita a uma agroindústria de pescado local – teve a presença do superintendente federal da Pesca e Aquicultura do RS, Gilmar da Silva Coelho, que apresentou as novidades relativas ao Plano Safra para o setor.

Na abertura do encontro o técnico agrícola da Emater/RS-Ascar de Roca Sales, Deoclésio Piccoli, apresentou um histórico da piscicultura no município, que hoje conta com mais de 70 piscicultores e cerca de 350 viveiros, que produzem uma média de 80 toneladas de peixes por ano. Para Piccoli, a presença do superintendente é importante, para que possa conhecer a realidade local já que, segundo ele, a produção pode aumentar ainda mais, algo que seria viável com a disponibilidade de maquinário adequado para a abertura de viveiros. “Hoje, a piscicultura em Roca Sales não é apenas uma alternativa para o agricultor familiar e sim a principal renda para muitas das famílias que produzem peixe no município”, afirmou.

No mesmo sentido, o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Luiz Bernardi, falou dos programas da SDR voltados ao setor e que hoje beneficiam diversos piscicultores. Um dos destaques, de acordo com Bernardi, envolve a questão do licenciamento ambiental, que já vem embutido em cada projeto realizado por meio dos programas de Governo. “Além deste aspecto, a ampliação e a qualificação das equipes de trabalho também são diferenciais no atendimento aos produtores”, disse.

Para o prefeito Nélio Vuaden, é importante a sensibilização das lideranças do setor para que o trabalho se fortaleça ainda mais. “Hoje, a nossa produção está abaixo de nossa capacidade e parcerias bem estruturadas podem modificar esse quadro”, enfatizou. Para o prefeito, o trabalho voltado à alimentação escolar também faz a diferença, algo corroborado por Piccoli. “Desde a adoção do peixe nos cardápios das escolas, as vendas aumentaram em 25%”, ressaltou o técnico. Sem falar nos benefícios proporcionados pelo consumo regular, algo reforçado pela nutricionista Daiane Bergamaschi em palestra realizada no mesmo evento.

Ainda em sua fala, Vuaden solicitou ao superintendente que encaminhe ao Ministério da Pesca e Aquicultura, pedido de uma escavadeira hidráulica e de um trator de esteira que possam ser usados para ampliar a estrutura de produção local. Para Coelho, momentos como este são de grande significado, pois envolvem parcerias nas três esferas – municipal, estadual e federal. “Hoje estou conhecendo a realidade de Roca Sales e saio com uma boa impressão do que vi”, finalizou.

Assinatura de contrato de agroindústrias

Durante o encontro, também foram formalizadas duas assinaturas de contrato de agroindústrias – uma de doces e geleias e outra de pães e massas -, que receberão recursos num valor total de R$ 50 mil, referentes à Participação Popular e Cidadã (PPC). Os valores serão utilizados em construções, reformas e adequações estruturais. Os beneficiários serão os produtores Sandro Kappler e Waldemir Agostini que receberão, respectivamente, os valores de R$ 36 mil e R$ 14 mil. A atividade contou com a presença do coordenador regional da SDR/RS, Rudimar Müller.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...