Emoção, gestão, motivação e estratégia na apresentação do case da Fruki

Constância de propósitos, capacidade de gestão e a busca contínua do conhecimento são os principais elementos que contribuíram o crescimento da Bebidas Fruki nas últimas décadas. Os pontos de relevância foram citados por seu diretor presidente, Nelson Eggers, em reunião-almoço (RA) realizada na última terça-feira, dia 8, na Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). A palestra foi entremeada de lições de motivação, estratégia e gestão.

Cerca de 120 pessoas, entre lideranças empresariais, políticas e da comunidade, tiveram a oportunidade de conhecer a história de sucesso da Bebidas Fruki. Ao final, o prefeito de Lajeado, Luís Fernando Schmidt, fez forte apelo a Eggers para que a nova fábrica de sucos e chás, disputada por mais de 50 municípios, fique em Lajeado.

Trajetória

Em “Um sonho transformado em realidade”, Eggers descreveu a trajetória da empresa que surgiu após seu avô, Emilio Kirst, não ter alcançado sucesso em suas iniciativas de engenheiro e dono de hospital. A então cervejaria Kirst e Companhia foi fundada em 1924, no então distrito de Arroio do Meio, nos sete hectares de terra pertencentes à família. Somente em 1971, já sob o comando de Eggers, a empresa transferiu-se para Lajeado. Aqui foram inauguradas as novas instalações e lançados os refrigerantes da marca Fruki.

Segundo Eggers, a Fruki sempre teve cuidado com o meio ambiente. Em 1988, a empresa coloca em operação moderna estação de tratamento de afluentes, sendo a primeira do Vale do Taquari com instalação deste porte. Uma das principais fontes de recursos para crescimento da empresa, em diferentes fases de sua história, foi o Fundopem. Momento importante foi a aquisição da máquina de injetar garrafas pet, em 1995. Eggers destacou, neste ponto, a importância estratégica da gestão de relacionamento e a atenção, por exemplo, às notícias de jornais, que podem trazer notícias fundamentais para o crescimento das empresas.

Em 2001, é lançada a água mineral Água da Pedra, que chegou, em onze anos, à liderança no mercado gaúcho neste setor. No ano de 2002, foi lançada a marca de energéticos Frukito, que detém atualmente mais de 50% do comércio gaúcho do seu segmento. Depois de implantado o programa de qualidade, em 2002, a empresa conquistou varias premiações, ficando à frente de empresas multinacionais na esfera de bebidas.

Nova fábrica

Eggers encerrou a apresentação falando sobre as várias conquistas da empresa, sendo a contratação de pessoas com deficiência uma das que mais ele se orgulha. Ao ser colocada a palavra ao público, no final, o prefeito de Lajeado fez emocionado apelo ao empresário para que o município seja considerado com atenção no processo de escolha do local que sediará a nova fábrica da Fruki. Estava presente à reunião o prefeito de Fazenda Vilanova, Pedro Dornelles, que também disputa a localização da nova fábrica da Fruki.

Ocuparam a mesa principal, ao lado de Eggers e o prefeito, o presidente da Acil, Ronaldo Zarpellon; o presidente da Câmara de Vereadores, Sérgio Kniphoff; o reitor da Univates, Ney Lazzari, e o empresário Valmor Scapini.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...