Comércio de Lajeado registra leve queda no índice de inadimplência

As despesas típicas do início do ano, como impostos, férias e material escolar, não impactaram de forma negativa o índice de inadimplência no comércio de Lajeado. Com base no acompanhamento feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado, se observa que, na contramão das tendências para este período, o cenário em fevereiro teve uma leve queda de 0,3% em relação a janeiro. O banco de dados da Boa Vista Serviços apontou, nesta terça-feira (04), que dos 61.187 CPF’s de pessoas maiores de 18 anos ativos na Receita Federal, 15.638 estavam com alguma restrição no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), o que equivale a 25,6%. O número é inferior aos 30,8% contabilizados no Rio Grande do Sul, onde a redução no percentual chegou a 0,6% em comparação ao mês anterior.

No que se refere ao perfil dos inadimplentes do município, a maioria continua sendo do sexo masculino (51,5%) e recebendo entre um e dois salários mínimos (54,6%), com prevalência na faixa dos 30 a 34 anos (16,6%). No Estado, o perfil de renda é o mesmo (51,9%), mas a maioria são mulheres (50,6%) com idades entre 35 e 39 anos (13,6%).

Fonte Assessoria de imprensa CDL Lajeado

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...