Wikihaus compartilha conceito e resultados da economia colaborativa no ramo imobiliário

A Construmóbil 2017 vai além da exposição comercial e da geração de negócios que daí surgem. Ao propor a reflexão sobre a Economia Colaborativa nesta edição da feira, o evento trouxe para o público o case da Wikihaus Incorporadora, de Porto Alegre. O sócio Eduardo Pricladnitzki compartilhou com a plateia, nesta quarta-feira (27), o exitoso case da jovem empresa, a qual inovou no mercado com o conceito da colaboração aplicado aos projetos imobiliários. A apresentação ocorreu no Espaço Café do Pavilhão 1, no Parque do Imigrante.
O empresário contou que a ideia surgiu do questionamento em relação aos modelos tradicionais de trabalho das incorporadas, em especial no que se refere ao relacionamento com os clientes. Segundo ele, a Wikihaus é fruto de sua inquietação e percepção de necessidade de mudança frente a um novo perfil de consumidor. “As pessoas estão mais conscientes, independentes e têm novos hábitos”. A estratégia de ouvir mais os clientes foi colocada em prática e um dos exemplos disso é o Wikihaus Cine Teatro Presidente, o primeiro empreendimento coliving de Porto Alegre. Resultado da união de ideias dos arquitetos, moradores e comunidade, é um espaço que integra o viver, o conviver, o trabalhar e o curtir, tudo acompanhado de um amplo conceito de mobilidade. Entre as opções disponíveis, tem área de convivência e coworking integrados, terraço garden e horta compartilhada, lavandeira, espaço pet, ferramentas compartilhadas e bicicletário. “Tivemos como resultado o alcance de 50% das vendas no primeiro mês”, destacou o palestrante, acrescentando que esse modelo pode transformar os negócios e potencializar a construção civil.

 

Fonte Imprensa Construmóbil 2017

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...