Viva o Taquari Vivo ocorre neste sábado, em seis municípios simultaneamente

Acontece neste sábado, dia 11, a 9ª edição do “Viva o Taquari Vivo”. A comissão organizadora esteve reunida na Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) e acertou os últimos detalhes da ação que inicia a partir das 7h30min estendendo-se até meio dia.

Neste ano, além de Estrela, Lajeado e Arroio do Meio, está confirmada a participação de Cruzeiro do Sul, Bom Retiro do Sul e Venâncio Aires. Cada município possui pontos de concentração específicos, sendo eles: Parque Municipal da Lagoa, em Estrela, Porto dos Bruder, em Lajeado; Bairro Navegantes, em Arroio do Meio; Passo de Estrela – Cruzeiro do Sul; Barragem, em Bom Retiro Sul; e Vila Mariante, em Venâncio Aires. Assim, a ação dilata sua abrangência e começa a ganhar adesão também no Vale do Rio Pardo, com o município de Venâncio Aires.

A ação, originada na Acil como voluntária pessoa jurídica da Unidade da Parceiros Voluntários (UPV) de Lajeado, transformou-se em mobilização regional, com forte e crescente apoio da comunidade

O diretor de Responsabilidade Social Corporativa da Acil, Gilberto Soares, coordenador da ação, lembra que o programa tem caráter educativo e visa deixar o meio ambiente em situação melhor para as futuras gerações. “Essa mudança de olhar começa em nós. Precisamos entender que a água existente no planeta é a mesma que já estava aqui no tempo dos dinossauros. Buscamos a transformação de atitudes, o estabelecimento de nova realidade com a sociedade, construindo, hoje, relacionamento de respeito e cuidado com o rio”.

O programa conta a partir deste ano com o patrocínio da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), juntamente com a Cooperativa Regional de Desenvolvimento Teutônia (Certel), que já participa da ação há sete anos. A ação é promovida pela Acil e UPV de Lajeado e conta com o apoio de mais de 40 organizações e instituições públicas e privadas.

Nova realidade

No total das oito edições anteriores, foram retirados do rio quase 24 toneladas de lixo. Os principais materiais recolhidos foram plásticos, tecidos, ferro, madeira, borracha, vidro, pneu, papelão, brasilit, isopor, rejeitos e outros tipos de resíduos. Porém, o grande objetivo da ação é chamar a atenção para o estado em que se encontra o principal recurso hídrico da região e como a comunidade o está tratando. Ano após ano, a comissão organizadora tem registrado o aumento do voluntariado interessado em defender e preservar o rio.

Participação de Voluntários

A coordenadora da UPV Lajeado, Gilmara Scapini, lembra que a ação preza pela segurança dos participantes. Os adultos deverão usar calçado fechado, bem como calças e camisetas de manga longa. Para as crianças, haverá atividades diferenciadas no evento, pois não poderão entrar em contato direto com o lixo.

Adesão

Entidades, empresas, organizações, proprietários de embarcações e cidadãos interessados em aderir à mobilização voluntária devem entrar em contato com a coordenadora da UPV Lajeado na sede da Acil, rua Silva Jardim, 96, Centro, Lajeado, pelo fone 3011-6900 ou e-mail parceirosvoluntarios@acilajeado.org.br.

Exposição

Encontra-se no Museu de Ciências Naturais da Univates, até 31 de julho, a exposição “Lixos Modernos: uma reflexão sobre hábitos de consumo”. A mostra consiste na apresentação de árvores estilizadas com galhos e folhagens formados por resíduos de eletroeletrônicos, brinquedos e plásticos. A intenção é conscientizar sobre o consumo e geração de lixo, explica a bióloga da Univates, Cátia Viviane Gonçalves. A exposição está aberta à visitação de escolas, empresas e público em geral.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...