Viva o Taquari disputa prêmio nacional

A Agência Nacional das Águas selecionou o Projeto Viva o Taquari Vivo como um dos semifinalista do prêmio ANA. Nesta edição, o troféu conta, pela primeira vez, com iniciativas realizadas nos 26 estados mais o Distrito Federal. O concurso busca reconhecer boas práticas que contribuam para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos do país.

O total de inscritos neste ano alcançou 452 projetos, maior número de participantes desde a criação do prêmio, em 2006. Há sete categorias. A iniciativa do Vale do Taquari disputa entre as ONGs.

A ação é realizada há oito anos. Voluntários contribuem para limpar as margens do Rio Taquari e afluentes. Em abril, participaram cerca de 500 pessoas. Como resultado, recolheram 2,6 mil quilos de lixo entre Lajeado, Estrela e Arroio do Meio.

Coordenadora do Parceiros Voluntários e integrante do Viva o Taquari Vivo, Gilmara Scapini, ressalta o objetivo do Viva o Taquari Vivo de engajar a comunidade e ajudar na preservação dos recursos hídricos.

Durante o ano, a Parceiros Voluntários (PV) e a Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) promovem a Mostra Espelho. “Levamos esses assuntos às escolas, para interferirmos na vida das famílias, provocando nas crianças essa consciência ambiental.” Para o próximo ano, diz Gilmara, outras duas cidades podem ser incorporadas ao projeto: Cruzeiro do Sul e Bom Retiro do Sul.

Os avaliadores do Prêmio ANA virão até Lajeado para conhecer o Viva o Taquari Vivo. A visita faz parte da seleção dos semifinalistas. A avaliação ocorre até o fim deste mês. Depois disto, a Comissão Julgadora selecionará três iniciativas e a vencedora de cada uma das oito categorias. Os premiados serão conhecidos em solenidade de premiação marcada para o dia 3 de dezembro.

Ação incentiva novos projetos

O Viva o Taquari Vivo serve de exemplo para outras ações socioambientais. Em Teutônia, foi criado o Revive Boa Vista. No último sábado, dia 11, inclusive, ocorreu a 5ª edição do projeto. Foram organizadas seis equipes de voluntários, para a distribuição de 500 mudas de árvores e a coleta de lixo às margens do Arroio Boa Vista e seus afluentes, nos bairros Languiru e Teutônia, além das margens do Arroio Ferreira, no Bairro Canabarro.

O Revive Boa Vista é uma ação da Parceiros Voluntários de Teutônia, com engajamento das mantenedoras CIC, Languiru, Certel, Sicredi, Unimed, Seccare, Garcez de Souza, Grupo Krabbe, Couros Bom Retiro e StarLed, e apoio da governo de Teutônia – Secretaria de Meio Ambiente, Associação Pró-Desenvolvimento de Languiru, Emater, Global-Eco, CMC Edificações e voluntários da comunidade.

Saiba mais

O Prêmio ANA busca reconhecer as iniciativas do governo, de empresas, de ONGs, de organismos de bacia, de ensino, de pesquisa e inovação tecnológica e da imprensa, que promovam o combate à poluição e ao desperdício e apontando caminhos para assegurar água de boa qualidade e em quantidade suficiente para o desenvolvimento e a qualidade de vida das atuais e futuras gerações.

Nesta edição, o prêmio traz uma novidade para os vencedores. Além de receberem o troféu, ganham uma viagem com despesas pagas para o maior evento do mundo sobre recursos hídricos – o Fórum Mundial da Água, 12 a 17 de abril de 2015 em duas cidades da Coreia do Sul: Daegu e Gyeongbuk. Durante o evento, os vencedores apresentarão seus trabalhos no Pavilhão Brasil, estande do país no Fórum.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...