Videomonitoramento auxilia na identificação de suspeitos e vira exemplo para outras cidades

As câmeras do Sistema de Videomonitoramento Comunitário instaladas em pontos estratégicos do município, começaram a dar o resultado que se esperava.

As ocorrências policiais contam com o sucesso do auxílio das câmeras. “Já está dando efeito, apesar de o sistema ainda não estar completo. Estamos com 12 em funcionamento, e muito em breve estaremos com as 16 como está previsto. Nossa satisfação com o monitoramento é muito grande”, afirma o secretário de Segurança Pública e Cidadania (SSPC) Gerson Teixeira.

O resultado é visível. Nos primeiros dias do sistema a Brigada Militar (BM) recebeu o chamado para um furto em uma farmácia na rua Júlio de Castilhos, no centro. Com as câmeras foi possível monitorar para onde o suspeito estava indo.

Ele foi abordado e preso em flagrante pela polícia. Com o homem estavam os produtos levados do estabelecimento comercial.

Outra ocorrência foi para identificar o veículo de uma vítima de extorsão. Uma mulher estava com o seu carro estacionado na rua Décio Martins quando foi abordada por um “flanelinha” – atividade que é proibida por Lei.

Ela chamou a polícia que identificou o suspeito. Ele foi levado para a delegacia pelo crime de extorsão.

Exemplo para outras cidades

O Sistema Comunitário de Videomonitoramento já chama a atenção de outras administrações municipais.

Na última quinta-feira, dia 26 de fevereiro, a pedido do prefeito de Bom Retiro do Sul, Pedro Wermann, estiveram na sala exclusiva de controle, localizada no 22º Batalhão de Polícia Militar de Lajeado, o Chefe de Gabinete da prefeitura, Jorge Frantz, o vereador Paulo Miguel de Freitas, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Bom Retiro do Sul Dirceu Fabiano de Oliveira e o Sargento da BM Rivelino Jacques Peixe.

Os visitantes acompanharam o funcionamento do sistema e elogiaram o trabalho que é realizado em benefício da população de Lajeado. A intenção é que a prefeitura de Bom Retiro do Sul instale duas ou três câmeras para monitorar e garantir, também, maior segurança para a sua comunidade.

Novo ponto

Em Lajeado até a segunda quinzena de março devem estar instaladas as outras quatro câmeras que completam o serviço de monitoramento 24 horas.

Porém, mais um ponto deve ser criado. Comunidade e comerciantes do São Cristóvão já acenaram com o apoio financeiro para instalar um dispositivo no bairro. De acordo com Gerson Teixeira 75% da instalação está garantida. “Isto para a cidade é muito bom e significativo. O monitoramento ocorre 24 horas por dia e causa uma sensação boa de segurança para a comunidade”, diz Teixeira.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...