Municípios e entidades aprovam estudos da duplicação

Lideranças empresariais e prefeitos dos municípios lindeiros à rodovia formalizam decisão de realização dos estudos de viabilidade econômica e impacto ambiental que permitirão a duplicação, obra vital para a consolidação da infraestrutura rodoviária da região e a atração de investimentos

Vale do Taquari – Em encontro na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado, coordenado pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços do Taquari (CIC-VT), prefeitos, assessores e representantes de entidades empresariais dos sete municípios lindeiros à obra de duplicação autorizaram o presidente da CIC-VT a tomada dos passos finais para a abertura de chamada pública à contratação de empresa para a elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental – EVTA e do Relatório Técnico de Vistoria Ambiental – RTVA do trecho. O custeio dos estudos foi solicitado aos municípios pela Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Seinfra), no ano passado, como forma de agilizá-los.

Diante da especialidade que os trabalhos exigem, é necessário que sejam feitos de maneira que tenham aceitação junto ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), uma vez que são exigência prévia daquela autarquia à realização do projeto executivo da obra, a ser custeado pelo governo do estado, explica o presidente da CIC-VT, Oreno Ardêmio Heineck.

Após pesquisas, a CIC-VT detectou potenciais empresas executoras com expertise para tal, o que permite, agora, a entidade formalizar a contratação. Desta maneira, o andamento das tratativas continua dentro de cronograma que busca entregar o EVTA e o RTVA, até junho próximo ao secretário da Seinfra, Caleb de Oliveira, e ao diretor geral do Daer, Carlos Eduardo Vieira, a fim de que estes providenciem a licitação do projeto definitivo, explica Heineck.

Visão de futuro

Acordo neste sentido havia sido reiterado pelos titulares da Seinfra e do Daer em audiência no Palácio Piratini, em janeiro passado. Ter em mãos o projeto executivo da obra – trabalho previsto para de 10 a 11 meses – é essencial para habilitar-se sua inclusão no plano de obras do governo do estado ainda em 2014, concordam os prefeitos e as lideranças empresariais reunidos na CDL Lajeado.

Para o presidente da CIC-VT, “o quórum de 100% e o clima positivo desta reunião asseguram que vamos fazer nosso tema de casa proposto pelo governo do estado. Asseguro aos munícipes e às empresas que seus representantes mostraram visão de futuro e comprometimento com a garantia do desenvolvimento continuado e duradouro do Vale do Taquari, o que é bom para todos”.

Estiveram presentes ao encontro, representando Arroio do Meio, o vice-prefeito Áurio Sherer; Klaus Schnack e o presidente da Associação Comercial e Industrial, Adailton Cé; Cruzeiro do Sul, prefeito César Marmitt; Encantado, prefeito Paulo Costi, diretor da ACI-E Alexandre Bratti e o presidente da CDL, Airton Giordani; Lajeado, prefeito Luís Fernando Schmidt, vice-prefeito Vilson Haussen Jacques Filho, e os presidentes da Associação Comercial e Industrial, Ronaldo Zarpelon, e da CDL, Ricardo Diedrich; Mato leitão, prefeita Carmen Goerck; Muçum, prefeito Lourival Seixas; Venâncio Aires, secretário de Indústria e Comércio Hélio Lawall e Claudiomar da Silva, presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Caciva).

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...