Vale do Taquari aumenta em 12% produção de leite

A terceira maior bacia leiteira do Estado teve ampliação na produção de leite em 2012. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o porcentual de aumento, com base na pesquisa Pecuária Municipal, é de 12% na comparação entre 2011/2012. Ao todo, a produção acumulou 364,4 milhões de litros de leite.

Na comparação com o número de vacas leiteiras, a produção se tornou mais eficiente. Nos 38 municípios do Vale do Taquari, o número de cabeças de gado de ordenha é de 94.919 em 2012, apenas 3,3% mais do que o ano-base anterior. Oreno Ardêmio Heineck, presidente da Câmara de Industria e Comercio do Vale do Taquari (CIC-VT) e coordenador da Cadeia Setorial do Leite, é direto ao creditar o bom resultado do Vale do Taquari. “Essa realidade é fruto da qualidade genética, de sanidade animal e manejo presentes na nossa região. Por isso, o Vale do Taquari é referência em produção de leite no Rio Grande do Sul.”

Estrela e Teutônia continuam como as duas cidades que detêm o maior volume de litros de leite produzido. Com um rebanho de 7,7 mil vacas, Estrela produziu, em 2012, 37 milhões de litros – crescimento superior a 7%. Em Teutônia, o rebanho, ao exemplo de Estrela, permaneceu igual: 8 mil cabeças. Já a produção aumentou em 7,5%, saindo de 33 milhões de litros para 35 milhões. Heineck destaca por que o aumento em Teutônia foi maior. “A cidade ganha com a proximidade geográfica da cooperativa Languiru. E a força da tradição da pecuária leiteira, aliada a uma produtividade acima da média dos animais, é fundamental para o crescimento da produção em Teutônia”.

Comparativo

No Estado, o crescimento foi de 4,4% na produção leiteira em 2012. O volume é mais do que quatro vezes maior do que o total nacional. No país, foram produzidos, em 2012, 32,3 bilhões de litros de leite.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...