UPA será inaugurada nesta segunda-feira em Lajeado

Nesta segunda-feira, dia 10, às 14h, em Lajeado, será inaugurada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em frente ao Jardim Botânico, no Bairro Moinhos D´Água. Com 1.212 metros quadrados de área construída, a unidade terá capacidade de atender cerca de 250 a 300 pessoas por dia. O serviço estará aberto 24 horas por dia, sete dias da semana e atenderá pessoas em situações consideradas de urgência intermediária, entre a atenção básica e o pronto socorro. Além dos profissionais que realizarão a parte administrativa, a equipe da UPA será formada por cerca de 90 profissionais, entre os quais, farmacêutico, auxiliares de farmácia, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos em radiologia, médicos, entre outros. Na última sexta-feira, dia 7, o prefeito Luís Fernando Schmidt foi conferir a estrutura da unidade, salientando que Lajeado terá uma estrutura de primeiro mundo no que se refere aos serviços na área da saúde.

Considerando a necessidade de ampliar os atendimentos conforme as equipes vão aprimorando fluxos e processos de trabalho, nos primeiros dias, a UPA atenderá o público de Lajeado. Após, serão incorporados os municípios que manifestarem interesse, mediante assinatura de Termo de Cooperação, pelo qual os parceiros assumem compromissos quanto aos encaminhamentos, atendimentos e retorno aos municípios de origem, além do financiamento conjunto. A UPA Lajeado é de porte II, o que significa que pode atender a um público de até 200 mil habitantes quanto estiver a pleno funcionamento. Municípios como Canudos do Vale, Sério, Muçum, Santa Clara do Sul, entre outros, já manifestaram interesse. A adesão será gradativa.

Histórico

O processo de implantação da UPA, que custou R$ 4 milhões, iniciou com a obra física, executada pelo Governo do Estado, que licitou a obra e acompanhou a construção. Os recursos empregados foram federais e estaduais, ficando a cargo da prefeitura a destinação do terreno e a preparação do mesmo. A construção do prédio terminou em dezembro de 2012, sem que a sua estrutura externa estivesse totalmente completa. Também, àquele momento, não havia sido realizada licitação de equipamentos e tomadas medidas efetivas quanto à contratação de profissionais.

Em janeiro de 2013, com a assunção do novo governo, foi realizado o levantamento das medidas a serem tomadas para a implantação da unidade e, visualizando-se todas as tarefas as serem executadas, estimou-se que no mês de junho ocorresse a inauguração. Todavia, ao serem organizadas as listas de equipamentos, conforme fora preconizado pelo Ministério da Saúde, e as benfeitorias a serem realizadas no entorno da UPA, chegou-se a conclusão de que uma data mais provável seria setembro de 2013.

A partir disto, entre abril e maio de 2013, o Governo de Lajeado encaminhou os pedidos de compras dos equipamentos, móveis e utensílios da UPA. Conforme o secretário da Saúde (Sesa), Glademir Schwingel, neste processo, surgiu uma série de dúvidas, visto que existem especificidades técnicas de difícil definição quanto à necessidade real. Foram realizadas visitas técnicas na UPA de Canoas e de Vacaria, ambas já em funcionamento, para buscar informações mais fidedignas e instrução do processo de compra. A licitação foi encaminhada, via pregão eletrônico, considerando a dimensão da compra na ordem de R$ 650 mil. No pregão eletrônico habilitaram-se mais de quatro dezenas de empresas, o que demandou a necessidade de instruir os contratos com todas as empresas, trabalho que se tornou moroso, visto a necessidade de manter a técnica jurídica adequada, com as garantias legais. A assinatura de todos os contratos foi finalizada apenas em novembro, o que inviabilizou a inauguração da unidade ainda em 2013, visto que as empresas precisavam de um certo prazo para entregar os equipamentos.

Entre as empresas contratadas, houve quem entregasse sua parte em duas semanas, e houve quem entregasse apenas em fevereiro. Com o período de férias de início de ano, com as dificuldades de executar algumas melhorias externas e adequar o prédio quanto à telefonia, energia elétrica, internet, entre outros, a data de 26 de fevereiro ficou impraticável para a inauguração. “Vamos inaugurar a UPA com as obras externas em fase de acabamento, sendo que o aparelho de raio X será instalado dentro de dez dias”, adianta Schwingel.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...