Um morro cheio de luz e emoção

Um show de fogos de artifício coloriu o céu encoberto por neblina, na noite de sábado, dia 19. A segunda e última encenação do 23º Natal no Morro atraiu “pessoas corajosas”, como as caracterizou o prefeito Luiz Paulo Fontana. A noite fria e de garoa levou o público a comparecer munido de roupas nada condizentes com o calor de dezembro. Mantas e tocas protegiam os que não abriram mão de assistir o espetáculo “O menino volta às trilhas do morro”.

Durante uma hora e meia, mais de 80 atores locais deram vida à história que retrata o nascimento de Jesus. Peculiaridades da região de descendentes de imigrantes italianos permearam os diálogos e as músicas. “Gracie, mio bambino”, diz uma das mensagens, em Vêneto.

Para o servidor público Amauri Coradi (24), que atuou como anjo, a sensação de estar diante de um público tão expressivo e dando vida a uma história tão real e envolvente é imensurável. “Não tenho palavras para expressar esse sentimento que nos invade antes, durante e depois do espetáculo”, resume.

A goiana Lindéia Francisca Franco (38) chegar a Arvorezinha e foi quase que direto ao morro para assistir ao espetáculo e reencontrar a cunhada Marivane Saibo Santin (35). As duas não se viam desde junho do ano passado, e o abraço do reencontro ocorreu nos segundos finais do show pirotécnico. “É tudo tão lindo, estou emocionada”, diz Lindéia, que pela primeira vez assistiu a encenação.

Se para a visitante vinda de Goiânia (GO) os preparativos para chegar ao evento foram corridos, para os arvorezinhenses Cladir e Zeferino Livinalli foi tranqüilo. “Chegamos cedo e viemos preparados”, diz Cladir. Bem agasalhado e munido de cadeiras e sombrinhas, o casal assistiu, pela 23ª vez consecutiva, a encenação que faz do espetáculo natalino da cidade um dos mais movimentados do Vale do Taquari. A filha Emanueli (16), diz que a hora do nascimento de Jesus é sempre o momento mais emocionante.

A encenação estava à mercê de não ser realizada até metade de tarde de sábado. A decisão de manter de pé a programação, conforme o prefeito Luiz Paulo Fontana, é sempre muito difícil: “A garoa é tradicional em nossa cidade, mesmo nessa época do ano”, destaca.

Programação segue até quinta-feira

Domingo, dia 20, 35 talentos locais abrilhantaram a programação que ocorreu no Morro da Matriz. Além de músicas e interpretações artísticas musicais, a Escola de Dança Belly Dance apresentou “O Brilho das Princesas”. Nesta terça-feira, dia 22, a formatura do Ensino Médio Politécnico também integra a programação do 23º Natal no Morro. A solenidade ocorre no Auditório Domingos Dorigoni, às 20h, na prefeitura. Na quinta-feira, dia 24, a Missa de Natal celebrada na Igreja Matriz São João Batista, também às 20h, encerra a programação.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...