Trajetória de sucesso marca depoimento de empresário em evento da CIC Teutônia e Sebrae

“Todos nós temos a liberdade de escolher as coisas que nos realizam. Não podemos ter medo de tentar, sempre com os pés no chão, mas sonhando um pouco além. Sonhar não custa nada.” Essa foi a principal mensagem deixada pelo diretor-presidente da empresa Kopp Tecnologia, de Vera Cruz, Eliseu Kopp. No dia 24 de setembro ele foi o palestrante do Encontro Empresarial, evento organizado em parceria pela CIC Teutônia e Sebrae no Baviera Park Hotel.

O empresário apresentou a trajetória de sucesso iniciada em 1974, a superação de dificuldades, a dedicação e a inovação para conquistar seu espaço no mercado. “Tudo começou com a fabricação de chaveiros de propaganda e depois letreiros em acrílico. Eu trabalhava sozinho, dia e noite. Cheguei a fazer mil chaveiros por dia e, com o aumento das encomendas, tive que dobrar a produção. Para isso, foram necessárias mais três pessoas”, recordou Kopp.

Hoje, a empresa conta com complexo industrial de 43 mil metros quadrados, 300 colaboradores e mais de 100 produtos licenciados. Atua nas áreas de segurança no trânsito, construção civil, comunicação visual, lazer e entretenimento, além de projetos permanentes de educação para o trânsito.

Destaque de mercado

Entre os produtos, a Kopp é a maior fabricante de produtos para prática do boliche do hemisfério Sul. “Cheguei a receber uma oferta para vender a empresa para empresários americanos, que na época ofereceram algo em torno de US$ 6 milhões. Só não aceitei pelo histórico de dedicação para chegar onde cheguei. Além disso, o que eu teria que fazer, qual seria o produto que me levaria novamente ao posto de destaque que a empresa alcançou hoje?”, disse.

A empresa gaúcha também é reconhecida pela alta tecnologia que utiliza em placares eletrônicos, com a fabricação e licenciamento da marca. Neste contexto, a Copa do Mundo no Brasil em 2014 surgia como oportunidade, mas Kopp apresentou o contrário. “Estamos um pouco afastados deste mercado, que está muito poluído e não é mais lucrativo com as produções em massa da China.”

Em contrapartida, o empresário revelou que o Ministério da Aeronáutica procurou a Kopp para o desenvolvimento de tecnologia de reconhecimento da FAB. “Eles estão vendo a qualidade de produtos do mercado nacional”, afirmou.

Educação

O diretor-presidente também destacou a linha de produtos para segurança no trânsito. “Queremos salvar vidas, não montar máquinas para multar os motoristas. Além disso, trabalhamos muito com educação, principalmente das crianças, com produtos específicos de educação no trânsito. Também temos o programa ‘Kopp trânsito mais seguro’, a partir do qual conseguimos fazer com que as crianças falem para os pais o que podem ou não fazer, ensinamentos que eles recebem na escolinha de trânsito móvel que temos na empresa.”

Por fim, Eliseu Kopp falou de força de vontade. “Todos nasceram com quantidade semelhante de neurônios, o que faz a diferença é exercitarmos esses neurônios e evoluir. A dedicação é fundamental para que se alcance algum objetivo. A informação está disponível para quem quiser. Paralelamente a isso, é fundamental o estudo e o domínio de línguas estrangeiras”, aconselhou.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...