Taquari estuda implantação de programas de incentivo à agricultura familiar

Estiveram reunidos, recentemente, com o prefeito Emanuel Hassen de Jesus, o Maneco, o coordenador regional da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Mauro Stein, juntamente com o coordenador adjunto, Rudimar Müller, a fim de apresentar os programas promovidos pela secretaria. Dentre os programas apresentados o prefeito mostrou interesse no Irrigando a Agricultura Familiar e o RS – Pesca e Aquicultura, para que estes sejam implantados no município.

Dentre as ações do Programa RS – Pesca e Aquicultura, está a de diagnosticar e monitorar a cadeia produtiva da pesca artesanal e da aquicultura familiar, a comercialização de pescados, empreendimentos coletivos agroindustriais da pesca artesanal e aquicultura familiar, a construção de viveiros/tanques para a piscicultura, a regularização ambiental dos piscicultores familiares, o apoio aos fóruns regionais, associações, sindicatos e colônias de pescadores e a capacitação e formação dos pescadores artesanais e dos aquicultores familiares. O programa também fornece apoio na organização de seminários e a instrução de parcerias com instituições e centros de pesquisa.

Já o Programa Irrigando a Agricultura Familiar tem como objetivo construir estruturas que melhorem o armazenamento de água para o abastecimento humano e animal para a irrigação nos estabelecimentos rurais de base familiar nos assentamentos e nas comunidades indígenas e quilombolas. Todos os agricultores familiares, assentados, quilombolas e indígenas serão beneficiários do programa.
Com R$ 445,4 milhões investidos no desenvolvimento rural gaúcho em dois anos, o Governo do Estado, por meio da SDR, intensificou as ações para o desenvolvimento rural sustentável e para a inclusão social junto a agricultores familiares, assentados, pescadores artesanais, piscicultores, indígenas, quilombolas, cooperativas e agroindústrias familiares. Somente com recursos orçamentários, foram investidos mais de R$ 400 milhões, sendo R$ 166, 2 milhões em 2011 e R$ 279,2 milhões em 2012.

Nesta quinta-feira, dia 13, estarão reunidos com o prefeito Maneco o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário (Comdagro), Laudelino Piovesan; o engenheiro agrônomo da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater-RS), Bruno Salvador; e o secretário da Agricultura, Romacir Martins. A nova reunião tem o propósito de debater, juntamente com os representantes do SDR, os projetos de Agricultura Familiar e Pesca e Aquicultura e a possibilidade de implantação dos programas no município.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...