Sindicatos também são obrigados a ter certificação digital

Vale do Taquari – As entidades sindicais que ainda não possuem certificação digital devem providenciá-la o mais brevemente possível. Isso porque o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) determinou que, a partir do dia 2 de abril deste ano, todas as organizações devem possuir a ferramenta para acesso ao Cadastro Nacional de Entidades Sindicais (CNES). O certificado deve ser emitido de acordo com a Infraestrutura de Chaves Públicas do Brasil (ICP-Brasil). Além disso, não é necessária a assinatura manuscrita nos requerimentos emitidos, quando o titular ou o responsável pelo certificado digital for a pessoa designada pela entidade sindical como representante no CNES.  Tais informações fazem parte da Portaria n° 268, de 21 de fevereiro de 2013, a qual foi publicada no Diário Oficial da União em 22 de fevereiro.

Esta resolução soma-se a outras já em vigor, as quais evidenciam que o certificado digital tornou-se uma ferramenta indispensável na rotina de empresas, escritórios de contabilidade e, agora, de sindicatos. Conectividade Social, Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) são alguns dos outros canais eletrônicos em que a entrada só é possível com o certificado digital.

Obtenha seu certificado digital no Sindilojas

O Sindilojas, como sindicato patronal do varejo, já se adequou à exigência do MTE. Além disso, a entidade disponibiliza o serviço de certificação digital por meio da Safeweb (vinculada ao Serasa Experian) e busca alertar e fazer com que todas as organizações da região façam também a sua assinatura digital. Interessados devem agendar horário pelo telefone 3710-2080. O documento é entregue na hora com todas as informações inclusas, sendo que o mesmo pode ser utilizado depois de 24h.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...