Sincovat realiza prestação de contas e incentiva doações do IR para entidades beneficentes

O Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Taquari (Sincovat) realizou assembleia nesta quarta-feira, dia 23, na sede da entidade. Os associados aprovaram a prestação de contas de 2015, apresentada pelo contador Dani Petry. Ele listou receitas e despesas, além de fazer esclarecimentos sobre os resultados.

Na ocasião representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), de Lajeado, estiveram presentes para reforçar a importância de realizar doações através do Imposto de Renda (IR). Tanto pessoa física quanto jurídica, em vez de pagar seu imposto devido ao governo federal, pode destinar parte dele a entidades beneficentes. O valor é abatido da guia de IR.

Para a Presidente do Comdica de Lajeado, Carla Fernanda Dal-Molin, a ação contribui no auxílio às crianças e adolescentes com necessidades, de diversas entidades sociais. Ela destacou a importância do trabalho dos contadores neste processe e, principalmente, na sensibilização dos clientes para que tenham a iniciativa. “Isso não é filantropia, é um ato de responsabilidade social, no qual a pessoa sabe onde está sendo aplicado o dinheiro e que este valor vai influenciar na sociedade em que vive”, salientou.

A pessoa física que fizer a declaração de Imposto de Renda completa pode doar até 6% do valor do imposto devido, enquanto que para a pessoa jurídica (optante pelo Lucro Real) o limite de doação é de 1%. Para que a doação ocorra é necessária a emissão de um boleto pela Secretaria da Fazenda de Lajeado (site da Prefeitura), identificando a entidade.

Estudantes e presídio

Outros assuntos também foram tratados no encontro. A partir deste ano, a adesão à modalidade de Sócio Aspirante do Sincovat está ainda mais facilitada. Basta inscrever-se e pagar uma taxa referente a 10% da anuidade de associado. “Queremos trazer para o Sincovat os futuros contadores”, afirmou o presidente do Sincovat, Rui Mallmann.

Dani Petry, que também é presidente da Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública, divulgou o andamento da obra do presídio feminino de Lajeado e a necessidade de arrecadar mais R$ 200 mil para sua conclusão. Para isso, pediu apoio para a compra de cartões de frango assado no dia 9 de abril, na Associação de Moradores Loteamento dos Médicos. O valor é de R$ 15.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...