Silo secador será destaque na 4ª Forquetinha Expofest

Conforme se aproxima a quarta edição da Forquetinha Expofest – que ocorre entre os dias 8 e 10 de novembro – intensificam-se os trabalhos no Parque de Exposições Christoph Bauer de Forquetinha. No espaço da Emater/RS-Ascar, técnicos da Instituição finalizam a construção de um silo secador de alvenaria armada, com capacidade de armazenamento para até cem sacos de milho. A estrutura, além de contar com tijolos maciços ou de seis furos, é feita com uma massa polimérica especial, o que torna o silo mais barato e mais fácil de ser manuseado.

De acordo com o assistente técnico regional em Armazenagem da Emater/RS-Ascar, Ricardo Ramos Martins, por meio da tecnologia é possível fazer silos com capacidade de armazenamento de até três mil sacos de grãos. O grão seca com ar natural, o que permite que o produtor realize o processo na propriedade mesmo. “Isto gera menos custos e uma qualidade muito maior na secagem, o que garante maior tempo de conservação”, explica. Martins lembra que a umidade natural do milho gira em torno de 25%, podendo chegar a até 13% pelo processo.

Também no espaço da Emater/RS-Ascar haverá resgate da evolução da agricultura no município e demonstração de um sistema de proteção de fontes. O técnico agropecuário Ivan Tremarin ressalta que o objetivo será apresentar aos visitantes um meio de adequar o uso da água nas propriedades, especialmente a voltada para a dessedentação animal. “Muitas vezes os produtores possuem fontes abertas, sujeitas a sujeiras de diversos tipos”, enfatiza. Por meio de Lei Municipal, os produtores recebem todo o material para a elaboração das obras de proteção de fontes, cabendo a Emater/RS-Ascar as orientações técnicas.

Sobre o evento

A Forquetinha Expofest é um evento bianual, que apresenta exposições de produtos comerciais, industriais, agroindustriais e festa típica, num cenário típico da cultura alemã. São aguardadas cerca de 30 mil pessoas para a festa, que contará também com jogos germânicos, apresentações artístico-culturais, bandas típicas, gastronomia e chope. O objetivo é mostrar as potencialidades de Forquetinha e dos municípios do Vale do Taquari, abrangendo os aspectos históricos, culturais, econômicos e turísticos, oportunizando também o intercâmbio cultural.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...