Sicredi Vale do Taquari realiza mostra de trabalhos do Programa A União Faz a Vida

Evento reuniu representantes de 15 escolas dos municípios de Lajeado, Travesseiro e Marques de Souza

 

Engajada na certeza do poder transformador da educação, a Sicredi Vale do Taquari dá sequência às ações do Programa A União Faz a Vida. Na quinta-feira (16), a cooperativa realizou em seu Centro Administrativo um evento de integração, apresentação e mostra dos projetos realizados pelas escolas. Na noite, 15 educandários de Travesseiro, Lajeado e Marques de Souza exibiram um resumo dos resultados das ações desempenhadas com os alunos durante o ano. No total, a adesão é de 18 escolas, as quais envolvem 3.374 crianças e adolescentes e 421 educadores. “É uma alegria para nós ver a proporção que isso está tomando. É uma iniciativa que orgulha porque fala de valores, atitudes e humanismo”, afirmou o diretor executivo Luiz Mario Leite Berbigier. Ao citar a mascote, o presidente da Sicredi Vale do Taquari, Adilson Metz, comparou a abelha e seu esforço diário ao das pessoas que se engajam ao A União Faz a Vida. “Através dele vocês tiram as ideias ruins que podem ter na cabeça das crianças para ensinar o que é correto e faz bem, assim transformando a sociedade”. Ele também agradeceu a Univates, que através de um grupo de professoras é parceira da iniciativa e auxilia na execução das tarefas. Aplicado em nível nacional, o principal objetivo do programa é promover a cooperação e a cidadania por meio de práticas de educação cooperativa.

Após a abertura, feita pelo Vocal Novo Brilho, do município de Travesseiro, cada instituição de ensino teve dez minutos para explanação com uso de fotos, vídeos e depoimentos. “É um programa que ganha força. E esse momento é muito importante porque dá visibilidade, sendo uma oportunidade de partilha para que todos possam mostrar o que fazem de melhor”, avaliou a coordenadora pedagógica do Núcleo de Assessorias Pedagógicas Externas da Univates, Grasiela Bublitz.

Lajeado, que junto com Travesseiro entrou no programa este ano, comemora os primeiros resultados. “Tivemos trabalhos desenvolvidos em cinco escolas de ensino fundamental e três de educação infantil, os quais nos surpreenderam bastante, cada um apresentando a sua realidade, inovando e buscando alternativas de envolvimento dos alunos”, observou a secretária de Educação, Vera Lucia Plein. Ela fez um agradecimento especial à Sicredi e à Univates, enaltecendo o interesse na continuidade para que mais instituições de ensino possam participar.

A secretária de Educação da Prefeitura de Travesseiro, Cristiane Neitzke, ressaltou que “é através da união que a gente tem a força. E é nas pequenas coisas que conseguimos fazer um bom trabalho”. Segundo ela, o município já planeja a sequência do programa em 2018.

Diretora da Escola Municipal de Educação Infantil Brilho de Infância de Marques de Souza, Sandra Helena Mallmann Scherer compartilhou com a plateia os principais momentos do projeto realizado no âmbito da leitura. “Foi especial pra nós porque conseguimos envolver muito os alunos e os pais. Tivemos a sacola viajante de livros, contação de histórias e finalizamos com a terceira edição da festa da criança, onde ocorreu a apresentação de uma peça teatral que envolveu toda a comunidade escolar”, relatou Sandra. O município é o pioneiro do programa na região e atua desde 2005.

 

Fonte Simone Rockenbach

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...