Sicredi Região dos Vales projeta liberar R$ 90 milhões para a safra 2016/2017

70% dos recursos deverão ser oriundos do Pronaf. Estes recursos estimulam a geração de renda, o acesso a tecnologias e a produtividade nas propriedades rurais familiares.

Com expressiva representatividade na economia e na geração de renda da região, o agronegócio deverá receber cerca de R$ 90 milhões em crédito rural do Sicredi Região dos Vales.
Nos 18 municípios onde a instituição financeira cooperativa atua, a expectativa é de disponibilizar R$ 37 milhões para a finalidade de investimento e outros R$ 53 milhões para operações de custeio e comercialização. Os valores previstos indicam um aumento de 14% comparado com os recursos concedidos na safra passada.
Em todo o Brasil, o sistema Sicredi estima disponibilizar aproximadamente R$ 10,6 bilhões, em 185 mil operações entre custeio e investimento.
Do total previsto para a região, cerca de 70% deverão ser novamente oriundos do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), recursos estes que estimulam a geração de renda, o acesso a tecnologias e a produtividade nas propriedades rurais familiares, que hoje, representam a realidade da grande maioria dos produtores da região.
Exemplo da importância dos recursos concedidos para o crédito rural do Sicredi é a família Culau, de Linha Santos Filho Dossena, interior de Anta Gorda. Com planejamento e investimento na atividade leiteira, eles possuem 80 hectares de terra, sendo 40 dedicados à produção de leite. Fazem parte do rebanho, 140 animais, estando 64 em lactação.  Hoje a propriedade é conduzida pelos irmãos Vagner (33 anos) e Geverson (24) e a mãe Ivani (59). Além deles, a irmã Giana, que não reside no município, mas contribui à distância com a parte administrativa da propriedade.
Com um relacionamento de longo prazo com o Sicredi, grande parte dos investimentos realizados pela família foram viabilizados com recursos do crédito rural. Para eles, a parceria é importante para concretizar os negócios. “O Sicredi viabiliza as fontes de crédito para que consigamos projetar o que buscamos construir. Esse apoio é fundamental na hora de realizarmos os novos investimentos”, enfatizam.
Recentemente, a família concluiu a construção de uma nova sala de ordenha. Com a estrutura, eles planejam aumentar o número de animais em lactação e a produção. “Com a sala de ordenha, ganhamos tempo e reduzimos os problemas de saúde dos animais. Queremos também, em longo prazo, chegar a 90 animais em lactação e aumentarmos a produção. Hoje produzimos uma média de 2,5 mil litros de leite por dia. Nosso objetivo é chegar aos 5 mil litros”, destacam.
O diretor executivo do Sicredi Região dos Vales, Roberto Scorsatto, ressalta que fomentar e incentivar o crédito rural faz parte da forma de atuação do Sicredi, enquanto instituição financeira cooperativa que busca promover o desenvolvimento regional e reinvestir os recursos captados na região onde atua. “O agronegócio é um dos principais pilares econômicos de nossa região e apoiar o desenvolvimento desta atividade produtiva contribui também para o crescimento dos demais setores, incrementando a economia local”, afirma Scorsatto.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...