Sicredi Região dos Vales projeta liberar R$ 110 milhões para a safra 2015/2016

O Sicredi continua crescendo de forma sólida no crédito rural. Conforme demonstram os números do ano-safra 2014/2015 (apurados até maio de 2015), nos 11 Estados onde está presente, foram liberados R$ 8,2 bilhões, em aproximadamente 160 mil operações, crescimento de 11% em relação ao ciclo anterior. Para a Safra 2015/2016, que iniciou no dia 1º de julho, o Sicredi estima liberar aproximadamente R$ 9 bilhões, em 180 mil operações.

Na Região dos Vales, onde o agronegócio tem grande representatividade na economia e na geração de renda e empregos diretos e indiretos, o Sicredi também é um forte parceiro. Atualmente, cerca de 50% de todo o crédito rural disponibilizado aos produtores da região são realizados pela instituição, o que reforça o papel do Sicredi no fomento das atividades econômicas de seus associados.

Na safra 2014/2015, nos 18 municípios da região, a Cooperativa disponibilizou R$ 97,3 milhões. Para as operações de custeio e comercialização foram repassados R$ 49 milhões, viabilizando culturas como as de milho, soja, erva-mate, uva, pecuária. Já para as operações de crédito de investimento foram atendidos 845 projetos, totalizando R$ 48,3 milhões alocados principalmente para o apoio a projetos de suinocultura, avicultura, leite, além da compra máquinas e implementos, contribuindo com a modernização e ampliação da produtividade nas propriedades.

Para a safra atual, a estimativa do Sicredi Região dos Vales é liberar R$ 110 milhões aos produtores, sendo R$ 54 milhões para a finalidade de investimento, R$ 56 milhões para operações de custeio e comercialização, um crescimento de 13% em relação ao ciclo 2014/2015.

Deste total, cerca de 70% deverão ser oriundos do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), recursos estes que estimulam a geração de renda, o acesso a tecnologias e a produtividade nas propriedades rurais familiares, que hoje, representam a realidade da grande maioria dos produtores da região.

É o caso do jovem associado do Sicredi de União da Serra, Cassiano Bison, que aos 23 anos está investindo, com os recursos do Pronaf, na construção de um estábulo de 596 metros quadrados para bovinocultura de leite em regime semiconfinado, pensando na melhoria da produção e no futuro da propriedade familiar. “Os recursos liberados pelo Sicredi são muito importantes para a região, pois auxiliam na viabilidade e melhoria da produtividade”, destaca Bison.

O agricultor adianta que a construção, que está em fase de finalização, também garantirá o aumento do número de animais e da produção. “Com o investimento vamos passar de 25 para 40 animais em lactação e nossa estimativa é também incrementar a produção leiteira que hoje é de 15 mil litros por mês”, conta o jovem, que recentemente também realizou investimentos em um aviário com capacidade para alojar 14 mil aves.

Bison, que por um período trabalhou fora da propriedade, voltou para o campo para ajudar a família, pois acredita que com planejamento e investimento é possível obter bons frutos. “Por um tempo eu morava com a família, mas trabalhava na cidade. Voltei para auxiliar meus pais a melhorar a propriedade e também para buscar qualidade de vida, pois acredito que a agricultura é o futuro”, garante.

Para o diretor executivo do Sicredi Região dos Vales, Roberto Scorsatto, a participação do Sicredi no fomento do crédito rural está relacionada à forma de atuação da instituição voltada a promover o desenvolvimento da economia regional e de reinvestir os recursos captados na região onde está inserida. “O agronegócio é um dos principais pilares econômicos de nossa região e o incentivo ao desenvolvimento deste setor contribui também para o crescimento do comércio, indústria e serviços, o que é importante para a economia regional”, destaca Scorsatto.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...