Show do Capital Inicial atrai cerca de quatro mil pessoas

Ao ritmo do rock‘n’roll do Capital Inicial, a 19ª Expovale encerrou na noite de sábado, dia 15, sua programação de apresentações nacionais. Em torno de quatro mil pessoas vibraram com a exibição, que teve como palco a Arena de Shows do Parque do Imigrante, em Lajeado. O repertório teve início com Respirar você e inclui outros sucessos da banda, como Quatro vezes você, Independência, Depois da meia noite e Eu nunca disse adeus.

O novo projeto da banda, um EP com sete músicas e intitulado Viva a Revolução, também teve vez com interpretações da canção homônima e das baladas, Melhor do que ontem e Coração Vazio. Dinho Ouro Preto (vocal, violão e guitarra) explicou o porquê do título, o qual tem a ver com as manifestações que ocorreram no Brasil em junho de 2013.

“As músicas que eu compus tinham esse tema em comum, com certo incurso poético. É algo avassalador no Brasil, inclusive eu fui até a Paulista protestar. Vejo até hoje nos jornais. Há um consenso muito claro, tangível, desse desejo de mudança”. O objetivo do grupo é agradar aos fãs das várias gerações que ajudaram o Capital Inicial desde sua fundação, na década de 1980, e a mantém no rock’n’roll jovem e revolucionário até os dias de hoje.

A exibição teve cerca de duas horas, tempo estendido em razão dos pedidos de “mais um, mais um” do público, que agradeceu as canções extras com aplausos e gritos. Antes do show, os artistas receberam fãs no camarim. Pela primeira vez, Bruna Rocha (28), de Santa Cruz do Sul, conseguiu chegar tão perto dos ídolos. “Nossa, é indescritível. Não é só a música, eles são pessoas maravilhosas. É a melhor sensação que eu já tive”, relatou emocionada. Bruna curte a banda desde os 11 anos de idade e este foi o terceiro show do Capital Inicial que ela assistiu.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...