Senai-RS quer ampliar a oferta de serviços tecnológicos e de inovação

Institutos Senai, unidades móveis e ensino a distância são ferramentas para a meta

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) quer, em 2017, por meio da mobilidade e virtualidade expandir seus serviços, tanto pelas unidades móveis quanto pela cursos em educação à distância. “Além disso, temos nossa rede de institutos de inovação e de tecnologia que vão ampliar a oferta de serviços e podem contribuir para o crescimento e o aumento da competitividade da indústria”, destacou o diretor regional do Senai-RS, Carlos Trein. A consolidação da metodologia Senai de Educação Profissional  é outra meta do Senai.

Em 2016, o Senai-RS registrou 150 mil matrículas diretas e indiretas, entre cursos técnicos, aprendizagem e qualificação profissional e 9 mil atendimentos em Serviços de Tecnologia e Inovação, sendo 2,5 mil clientes e 160 mil horas técnicas em STI. “São 122 pontos de atendimento, entre escolas, institutos, postos e unidades móveis”, lembrou Trein. “Além da educação a distância que vem ampliando ainda mais o atendimento da instituição”,  ressaltou. Foram 46 mil matrículas em cursos EAD.

O Senai-RS conquistou primeiro lugar no Inova Senai, em âmbito nacional, realizado paralelamente à Olimpíada do Conhecimento, com o projeto Incorporação do Pó de Pneu em Elastômeros Termoplástico, dos alunos Jaiane de Araújo Luiz e Taís Jobim da Luz, do Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Polímeros.  A Mini Ponte Rolante Didática (do IST Alimentos e Bebidas) ficou em 3º lugar na Fecitep e o Dispositivo para Padronização de Emendas de Fio de Diâmetro de até 2,5 mm ficou em 4º lugar no eixo de Engenharia mecânica da Mostratec 2016.

Na Olimpíada do Conhecimento o Senai-RS conquistou dois ouros (Jorge Martins – Soldagem e Guilherme Dias- Aplicação de Revestimento Cerâmico), três pratas (William Daronch – Controle Industrial, Mauricio Uecker – Manutenção Industrial e Vithor Paquilin – Mecânica de Automóveis) e um bronze (Matheus Costa – Hidráulica) nos Desafios Individuais. Nos Desafios por Equipe o MeqCar ganhou a prata e teve o envolvimento de oito alunos do Senai Santa Rosa. Já o Custom Car, do Senai Automotivo de Porto Alegre, foi desenvolvido por quatro alunos.  “O aprendizado da Olimpíada do Conhecimento vai além da parte técnica, passa pelo comprometimento e pelo trabalho em equipe”, explicou o diretor regional do Senai-RS, Carlos Trein.

Em 2016 foram enviadas, 29 ideias e 28 planos de projeto junto a empresas, indústrias e startups de base tecnológica para o Edital de Inovação. Oito ideias e quatro projetos gaúchos foram selecionados em nível nacional. Já foram selecionadas oito ideias e quatro projetos do RS em nível nacional. Os setores com maior participação foram: Tecnologia da Informação, Metalmecânica, Outros, Eletroeletrônica e Polímeros. Estas ideias e planos de projeto estão sendo desenvolvidos por unidades do Senai e empresas parceiras, sendo avaliadas e classificadas pelo Departamento Nacional, com previsão de divulgação dos resultados do último Ciclo para Fevereiro de 2017. Os projetos do Edital representam quase 60% do portfólio de projetos de inovação do Senai-RS, com 35 projetos vigentes.

Fonte UNICOM - Unidade de Comunicação Sistema FIERGS

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...