Sebrae premia Estrela por beneficiar pequenas empresas

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) conferiu destaque l a Estrela por estar entre os municípios gaúchos que souberam implementar a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas em 2014.

O anúncio foi feito na última quarta-feira, dia 7,  pelo gestor de projetos do Sebrae, Alexandre Schmitt e dado em primeira mão ao prefeito Carlos Rafael Mallmann e ao secretário da Fazenda Darlã Bellini. “É um reconhecimento do Sebrae, de que Estrela cumpriu com as exigências Lei Geral, e assim beneficia micro e pequenas empresas”, enfatiza Bellini. O município obteve nota 7,16 por estar aplicando as licitações exclusivas.

A premiação será concedida em maio na Prefeitura de Estrela e contará com a participação de autoridades estaduais da entidade.

Licitação em maio

Metalúrgicas e serralherias de Estrela, terão em maio a oportunidade de vender para a Administração Municipal sem medo de serem “intimidadas” pelas grandes do setor. O governo faz no dia 14 do mês, a primeira licitação exclusiva para micro e pequenas empresas. A compra de armários para o Corpo de Bombeiros que a prefeitura está fazendo, foi publicada em edital.

Só empresas de menor porte participam, levando em conta o princípio da isonomia. “Os iguais competem entre os iguais. Estrela é o primeiro município da região a lançar edital exclusivo para pequenas”, informa o gestor de projetos do Sebrae, Alexandre Schmitt. O Sebrae é parceiro do município para auxiliar a aumentar a participação dos pequenos negócios nas compras governamentais. “O município empenha 48% dos seus recursos com pequenos negócios, e a implementação da lei reforçará ainda mais a participação dos menores.

Quando competem com iguais, cresce a vontade de participação das pequenas empresas”, salienta o secretário da Fazenda, Darlã Bellini. O Sebrae prevê um crescimento de até 60% nas licitações. Para o prefeito Carlos Rafael Mallmann, pequenos com negócios instalados no município terão oportunidade ver aumentar faturamento e volume de negócios. Os pregões serão presenciais. É preciso comparecer à Administração e acompanhar o processo. “Promove a transparência na licitação, facilita o controle e aproxima o município das empresas”, informa o secretário de Planejamento, Marco Aurélio Wermann.

O Sebrae dará capacitação para os empresários, preparando-os para que participem das licitações de forma profissional.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...