SDR/RS assina convênio para implantação de pastagens em Ilópolis

A Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR/RS) – em parceria com a Emater/RS-Ascar e a Prefeitura de Ilópolis – assinou, na segunda-feira, dia 12, convênio para a implantação de quinze projetos de implantação de pastagens perenes, no município. A ação, que contará com recursos da Participação Popular e Cidadã (PPC), por meio do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento de Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper), foi realizada na sala Cine Inovare, ao lado da Emater/RS-Ascar. Será repassado, para os bovinocultores de leite locais, o valor total de R$ 50 mil reais, com bônus adimplência de 80% para pagamentos em dia.

Para o produtor Rogério Rovadoski, da localidade de Santo Antônio, o valor é importante para a ampliação da área de pastagens. Com 75 vacas em lactação, produzindo cerca de 1,7 mil litros de leite por dia, o bovinocultor de leite credita o aumento de seu rebanho e de sua produtividade não apenas ao melhoramento genético, mas também ao tipo de alimentação oferecida aos animais. “Há quinze anos a família tinha 10 ou 12 vacas, com uma produção muito menor”, lembra.

O bovinocultor de leite, Delmir De Bona, também valoriza o recurso, por possibilitar o investimento em um tipo de pastagem capaz de alimentar não apenas as vacas leiteiras, mas também as que não estão dando leite, as terneiras e as novilhas. “E este tipo de apoio nos possibilita pensar na continuidade do trabalho”, afirma. Com 26 vacas em lactação, produzindo 600 litros diários, De Bona projeta aumentar a área destinada as pastagens, com este investimento.

O plantio das pastagens deve começar no mês de setembro. Até lá serão feitas as análises de solo e outros procedimentos necessários para a execução dos projetos. Para o gerente adjunto da Emater/RS-Ascar de Lajeado, Diego Barden dos Santos, o valor pode até parecer pequeno, num universo de tantos investimentos realizados pela SDR/RS, mas é um recurso que é levado diretamente a casa dos produtores rurais. “Antigamente até havia projetos, mas também existia a escassez de recursos para executá-los, situação essa que, hoje em dia, se modificou”, ressaltou. Barden também valorizou a assistência técnica permanente, como ferramenta de apoio aos agricultores familiares.

Sobre este tema, o coordenador regional da SDR/RS, Rudimar Müller, lembrou o orçamento destinado a Emater/RS-Ascar, que praticamente dobrou nos últimos três anos. “E nunca é demais lembrar que a porta de entrada para qualquer um dos 60 programas da Secretaria é a Emater”, salientou. Müller também valorizou as parcerias – no evento estava também o vice-prefeito, Fábio Zerbielli, além de integrantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), da Câmara de Vereadores e de secretarias municipais – como parte importante do processo. “As políticas públicas sempre chegam mais rápidas aos municípios que trabalham unidos”, enfatizou.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...