Rodovias da região passam por reformas

Daer, Dnit e EGR realizam melhorias em estradas do Vale. Estão contemplados 152 quilômetros de recapeamento na BR-386, entre Soledade e Triunfo. Na semana passada, teve início trecho de 7,7 quilômetros no sentido capital – interior, entre Estrela e Lajeado.

As obras causam lentidão na rodovia. Conforme a Estação Rodoviária de Lajeado, ônibus que chegam de Porto Alegre e da Serra têm média de uma hora e meia de atraso.

De acordo com diretor-presidente da empresa Conpasul, Nilto Scapin, uma das faixas da rodovia segue livre durante os trabalhos. “Mesmo assim com o tráfego elevado no trecho a lentidão é inevitável”, ressalta.

Segundo ele, a partir desta quarta-feira, dia 24, serão realizados testes que buscam minimizar os engarrafamentos, principalmente em horários de maior movimento, como o fim da tarde e o começo da manhã. A previsão é concluir o sentido capital-interior em cerca de dez dias. Em seguida as máquinas seguem para o sentido inverso.

Conforme Scapin, após a finalização do serviço entre Estrela e Lajeado, o Dnit deve indicar os trechos a serem priorizados pela empresa. A tendência é que o recapeamento siga em direção a Soledade, uma vez que os pontos mais críticos do trecho que vai até Triunfo já foram realizados.

Licitação

O recapeamento dos 152 quilômetros da rodovia custará aos cofres públicos quase R$ 40 milhões. Estão incluídos nos serviços a retirada da capa asfáltica existente, de cerca de 5 centímetros, e a colocação de uma nova, com a mesma espessura. Também estão contempladas a colocação de tachas reflexivas, sinalização e pintura da via.

Responsável pelo serviço, a Conpasul havia ficado em segundo lugar na licitação lançada em novembro de 2013. Porém a empresa Traçado Construções e Serviços, de Erechim, que apresentou a melhor proposta, não atendeu as exigências do edital.

Acesso a Capitão

Nesta segunda-feira, dia 22, as máquinas da empresa Giovanella iniciaram o trabalho de pavimentação da ERS-482, entre Arroio do Meio e Capitão. A obra, que chegou a ser iniciada em 1998, compreende trecho de 16,5 quilômetros da rodovia. O investimento total é de R$ 14 milhões e a previsão é concluir os trabalhos em fevereiro de 2015.

A Giovanella é responsável por 30% dos serviços do contrato. O restante ficará a cargo da empresa paulista Beter, vencedora da licitação realizada há 16 anos. Segundo a Secretaria de Infraestrutura e Logística do Estado (Seinfra), obra ficou paralisada desde então devido a problemas financeiros da empresa.

Nesta semana EGR e Daer anunciaram operações tapa-buracos e serviços de patrolagem e roçada realizados na região.

Serviços em andamento

Operação tapa-buraco:

  • ERS-129 (Estrela-Colinas)
  • VRS-835 (Paverama)
  • ERS-811 (Arroio do Meio-Forqueta)
  • ERS-413 (Lajeado-Santa Clara do Sul)
  • ERS-436 (Taquari)
  • ERS-332 (Encantado-Arvorezinha)

Patrolagem:

  • RSC-470

Roçada:

  • ERS-129 (Vespasiano Corrêa)

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...