Revive Boa Vista recolhe óleo de cozinha, pilhas, eletrônicos e medicamentos

Mais de 450 eletrônicos e 1,5 mil pilhas, cerca de 100 medicamentos vencidos e 29 litros de óleo de cozinha terão descarte correto, evitando a poluição ambiental, a partir da 6ª edição do Revive Boa Vista, iniciativa que visa a preservação do Meio Ambiente e a conscientização da população para cuidados com a natureza e a correta destinação do lixo.

Organizada pela Unidade Parceiros Voluntários de Teutônia, com apoio da Prefeitura de Teutônia, Emater/RS e das mantenedoras CIC Teutônia, Certel, Couros Bom Retiro, Seccare, Languiru, Sicredi, Unimed, Grupo Krabbe e Star Led, o evento ocorreu no último sábado, dia 3, e trouxe uma nova proposta para a edição deste ano.

A recepção aos mais de 40 voluntários ocorreu no Auditório 03 da CIC, quando foram apresentados breve histórico do Revive Boa Vista e detalhes da ação do dia. Na sequência, foi aberto posto de coleta de lixos eletrônicos – sucatas, pilhas, celulares, cartões magnéticos, chapas de Raio-X e baterias (exceto de veículos), eletrônicos em geral e até óleo de cozinha e medicamentos vencidos – no quadrante da piscina do Centro Administrativo Municipal. Paralelamente a isso, os voluntários foram divididos em diferentes grupos para blitz nos bairros Languiru (sinaleira e Supermercado Languiru), Canabarro (sinaleira e Rua Capitão Schneider) e Centro Administrativo (em frente à prefeitura). Além disso, um outro grupo realizou o recolhimento de materiais e distribuiu material de conscientização em Westfália, numa iniciativa que envolveu colaboradores do Grupo Krabbe. Os cerca de 800 kits distribuídos durante a blitz contavam com fôlder sobre a coleta seletiva do lixo em Teutônia, orientações para a construção de composteira doméstica, fôlder com histórico do Revive Boa Vista, caneta ecologicamente correta, feita com materiais recicláveis, e um lixinho para carro.

Correta destinação do lixo

Os materiais recebidos na prefeitura foram recolhidos por empresa especializada, que dará o destino final correto. Foram 29 litros de óleo de cozinha, mais de 1,5 mil pilhas e cerca de 100 embalagens de medicamentos vencidos, além de mais de 450 eletrônicos.

Entre esses, destaque para equipamentos de informática, como HDs (quatro), mouses (18), teclados (22), scanners (três), monitores (21), impressoras (13), estabilizadores (oito), CPUs (nove), caixas de som (19) e toners (dois). Além disso, ainda foram recolhidos dez televisores, de diferentes polegadas; 48 aparelhos celulares e 16 carregadores; 33 telefones; dois videogames e dois videocassetes; e até um pulverizador.

A coordenadora da Unidade Parceiros Voluntários de Teutônia, Tatiani Camila Ballus, avalia o Revive Boa Vista como muito positivo. “Muitas pessoas, quando traziam seus resíduos para a destinação final correta, já nos pediam quando seria a próxima edição. Isso significa que realmente estávamos precisando de uma ação nesse formato. Mais do que simplesmente coletar esses resíduos, acredito que seja fundamental conscientizarmos nossa sociedade de qual a destinação correta desse material e quais os impactos ambientais que este lixo causa ao nosso Meio Ambiente”, destaca, adiantando que, considerando o retorno positivo da ação, a coleta desses resíduos será realizada com mais frequência ao longo do ano.

O presidente da CIC Teutônia em exercício, Renato Scheffler, agradeceu a presença dos voluntários e participação da comunidade na ação. “Nós podemos fazer a diferença, cada um fazendo a sua parte e trabalhando a conscientização diariamente nas escolas, nas nossas empresas e em casa. Temos a opção de mudar a fotografia, basta querer.”

A família envolvida

Vitor Toni Deifelt (10) participou pela primeira vez das ações do Revive Boa Vista e levou para a ação do dia 3 de outubro o colega Otávio Schmidt (10), do 4º ano da CNEC Teutônia, e a mãe Silvana Toni, que é dentista. O trio participou da entrega dos kits na sinaleira do Bairro Languiru. “Nós participamos do Fórum Revive Boa Vista e achamos importante fazer a nossa parte. Com certeza vamos participar da próxima edição novamente”, destacaram Vitor e Otávio. Silvana compartilha da opinião do filho Vitor e adianta que esse trabalho de conscientização já vem de casa. “Realizamos a separação do lixo e temos uma composteira doméstica.”

A bancária Josiane Kilpp Rinaldi estava acompanhada do marido e dos três filhos nas compras no Supermercado Languiru do Bairro Languiru e, na recepção, recebeu o kit do Revive Boa Vista das mãos de voluntários da ação. “Já tinha ouvido falar das atividades, mas é a primeira vez que vejo a ação acontecendo. É uma iniciativa muito interessante, fundamental para conscientizar a comunidade sobre as suas responsabilidades para a preservação do Meio Ambiente, principalmente no que se refere a correta destinação do lixo”, disse.

Histórico

O Revive Boa Vista teve início no ano de 2010. Naquela oportunidade foram realizadas atividades de recolhimento de lixo no Arroio Boa Vista, com mais de uma tonelada coletada às suas margens, e o plantio de 500 mudas de árvores nativas. Em 2011 a ação recolheu 750kg de lixo, seguiu com o plantio de mudas de árvores nativas e ainda propiciou visita ao Aterro Sanitário de Teutônia. A mesma quantidade de lixo foi recolhida no ano de 2012, que também teve o plantio de árvores. As atividades de 2013 estiveram voltadas ao trabalho de conscientização da comunidade, com a distribuição de material informativo e educativo. No ano passado, com a retomada do recolhimento de lixo às margens do Boa Vista, foram coletados 290Kg, além de distribuídas para plantio 200 mudas de árvores nativas. Com o slogan “Sombra e água fresca estão em suas mãos”, a 6ª edição contou com a coleta de lixo eletrônico, óleo de cozinha e medicamentos vencidos.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...