Reunião em Ilópolis aproxima Emater/RS-Ascar e Ibramate

Uma reunião, na terça-feira, dia 30 de junho, envolvendo técnicos da Emater/RS-Ascar e o diretor executivo do Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) Roberto Ferron, na sede do Ibramate, abordou a proposta de convênio de cooperação técnica que poderá ser firmado entre as duas entidades, futuramente. Como forma de se aproximar, ambas as instituições trabalharão juntas em um projeto piloto no município de Doutor Ricardo, onde serão cadastrados produtores com georreferenciamento da erva-mate, bem como as ervateiras, viveiristas e plantas matrizes para a colheita de sementes.

De acordo com o gerente adjunto da Emater/RS-Ascar, Carlos Lagemann, a escolha de Doutor Ricardo se deu pela representatividade do município no cultivo de erva-mate, que conta com cerca de 40 produtores envolvidos na atividade. “A partir do projeto piloto, será possível definir quais os caminhos que seguiremos nesse trabalho integrado”, observa Lagemann. Para Ferron, a aproximação com a Emater/RS-Ascar é importante, já que o trabalho com a erva-mate está centrado, basicamente, em propriedades familiares, tendo grande importância econômica, social, ambiental e cultural.

As ações propostas pelo Ibramate no convênio de cooperação técnica com a Emater/RS-Ascar visam a propiciar a transferência de tecnologias e a assistência técnica aos produtores de erva-mate, com o objetivo de melhorar e qualificar a produção, o processo industrial e a mão de obra nos cinco polos ervateiros do Estado. “Todo esse contexto trará uma série de benefícios para as centenas de famílias envolvidas com a produção de erva-mate não apenas na parte alta do Vale do Taquari, mas em todo o Estado”, enfatizou o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli, também participante do encontro.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...