Reload Sindilojas motiva público a revolucionar seus negócios

Em resposta ao tema “Revolução: você participa ou assiste?”, mais de 600 pessoas participaram do Reload Sindilojas. A quarta edição do evento, promovida nesta quinta-feira, dia 7, em Lajeado pelo Sindilojas Vale do Taquari, teve a participação de três palestrantes. Através de bate-papo, workshops e palestra eles provocaram a plateia a refletir sobre suas estratégias de atendimento, liderança e equipes de trabalho. Edmour Saiani, Fernanda Bertuol e José Ronaldo Peyroton motivaram o público a fazerem uma revolução empresarial.

Com foco na técnica AIDDU, a qual denomina Atitude Incrivelmente Diferente do Usual, o especialista em varejo Edmour Saiani buscou conscientizar sobre a relevância do atendimento. “Por que o cliente nos abandona? São mais fatores, mas 70% por causa do atendimento”, afirmou. Saiani contrapôs os que pensam em clientes fieis pois, para ele, “não existe cliente fiel, mas aquele que gosta, elogia e recomenda”.

O palestrante intercalou suas falas com vídeos e disse que o caminho para se conquistar o AIDDU é fazer mais do que o cliente espera. “Existe uma grande diferença em fazer mais, ou apenas aquilo que ele espera. Significa fazer o algo mais, que toque no coração ou fique gravado na sua mente”. Saiani observou que o profissional AIDDU tem ‘pegada’, paixão pelo que faz e por gente, entusiasmo, generosidade e ambição, além de humildade e autodisciplina.

Equipe de alta performance

O workshop sobre equipe de alta performance despertou o interesse de gestores e donos de negócios. A psicóloga Fernanda Bertuol realizou uma apresentação dinâmica e focada no papel do líder para a obtenção dos melhores resultados de seu grupo de trabalho. “Equipe de alta performance é aquela que você consegue despertar para entregar além dos 100%, e que leva todo mundo junto”, destacou. Entre as estratégias para despertar esta excelência está saber instigar as pessoas a terem metas e objetivos. “As pessoas precisam ter claros seus propósitos. O líder deve despertar isso para que as pessoas tenham compromisso com a sua causa e deem o melhor de si”. Fernanda também citou a importância de ser transparente com os objetivos da empresa, estabelecer combinados e impulsionar para que todos sejam melhores no que fazem. Entre as várias mensagens deixadas, afirmou: “a equipe é reflexo das suas conduções e o líder deve servir de exemplo. O que eu quero e preciso nos outros, isso deve estar em abundância dentro de mim”.

Relações interpessoais

Coube ao teólogo e comunicador social José Ronaldo Peyroton o workshop dedicado às relações interpessoais. Seu debate abordou a gestão de pessoas e conflitos nas equipes de trabalho e melhorias de resultados.

Através de dinâmicas os participantes puderam vivenciar os dois lados de uma empresa, o administrativo e o operacional. Teatralizaram o momento de dar o feedback ao empregado e debateram os segredos para realizá-lo da melhor maneira. Peyroton destacou que neste momento é preciso ser específico, imediato, honesto e ter ação.

“Se você vai sentar e falar com alguém sobre um comportamento, uma atitude, não se deve começar com conversa fiada, mas sim ser específico. Quanto mais claro melhor. Normalmente nos perguntamos por que o que falamos não está funcionando, o problema está na maneira como a gente fala. A entonação da voz faz a diferença na interpretação dos fatos”.

O evento também teve sua dose de inovação. A abertura foi realizada em forma de teatro pelos próprios integrantes da diretoria, presidente Giraldo Sandri e vice Adivi Secco. Houve ainda a participação especial de músicos, primeiro no meio da plateia, depois no palco, com instrumentos como violino e piano. No encerramento, eles realizaram uma homenagem à equipe de trabalho do Reload Sindilojas, através da coordenadora Erica Klain, e aos palestrantes.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...