Relação da Languiru com associados motiva visita de cooperativa argentina

O trabalho da “Família Languiru” seguidamente tem ultrapassado as fronteiras do Brasil e chamado a atenção em outras regiões do mundo. Nesse sentido, no dia 27 de novembro, a cooperativa teutoniense recebeu a visita da SanCor Cooperativas Unidas Limitada, da cidade de Sunchales, província de Santa Fé, da vizinha Argentina. Na oportunidade o gerente de relações institucionais e de comunicação, Sérgio Marcelo Montiel, e o presidente do Conselho Fiscal da coirmã argentina, Ruben José Fagiano, foram recebidos pelo presidente e vice da Languiru, Dirceu Bayer e Renato Kreimeier, respectivamente, e pelo coordenador do Setor de Leite do Departamento Técnico da cooperativa, Fernando Staggemeier.

O encontro ocorreu no Escritório Central e a atenção esteve voltada para o setor lácteo, em especial o trabalho de fidelização dos associados produtores, o Programa de Sucessão Familiar da Languiru, que estimula a permanência dos jovens no campo, e a variedade de produtos da Indústria de Laticínios.

Intercooperação

Bayer agradeceu a visita e falou da diversidade produtiva da Languiru. Além disso, sugeriu ações de intercooperação entre as cooperativas Languiru e SanCor. “O intercâmbio entre grupos de jovens e associados das duas cooperativas é algo interessante, qualificando e ampliando o conhecimento sobre o mundo cooperativo.”

O presidente ainda destacou a agregação de valor à matéria-prima produzida pelos associados da Languiru, novos investimentos no parque industrial e a possibilidade de oferecer produtos diferenciados e de qualidade ao mercado consumidor. O envolvimento com as comunidades onde a Languiru está inserida também pautou o discurso de Bayer. “A cooperativa possui 59 núcleos de associados em diferentes comunidades, com lideranças locais eleitas pelos associados. Isso nos garante a proximidade com o quadro social e reflete a transparência das nossas ações”, explicou.

Novos desafios

O gerente de relações institucionais e de comunicação da SanCor, Sérgio Marcelo Montiel, falou das boas referências que tiveram da Languiru. “Sabemos do crescimento e da credibilidade da Languiru. É com cooperativas como essa que buscamos estreitar relacionamento”, afirmou.

Para ele, um dos maiores desafios do cooperativismo está na fidelização e no relacionamento com o quadro social. “Percebemos que a Languiru realiza um belo trabalho social, inclusive com redução da idade média do quadro de associados. Isso é muito importante para a sustentabilidade da cooperativa, além de que jovens produtores, com acesso a novas tecnologias, produzem com mais eficiência. Esse é nosso grande desafio daqui para frente”, frisou, enaltecendo o trabalho da Languiru com os jovens, a assistência técnica e o relacionamento com os líderes de núcleo.

O argentino detalhou o trabalho da SanCor com o quadro social, considerando as grandes distâncias entre as unidades comerciais, administrativas, industriais e as propriedades rurais. “Trabalhamos com delegados e contamos com corpo técnico em cada região, oferecendo assistência, além de ferramentas de gestão e softwares específicos da cooperativa.” Nesse contexto, Montiel também falou da concorrência acirrada com empresas privadas, tanto na comercialização de produtos como no fornecimento da matéria-prima.

Na SanCor a inclusão das mulheres nas atividades da cooperativa também recebe atenção especial. “Elas estão cada vez mais presentes na tomada de decisões. É algo recente, mas que vem evoluindo gradativamente.”

Líderes de núcleo

O vice-presidente da Languiru, Renato Kreimeier, explicou o trabalho de representatividade desenvolvido pelos 59 líderes de núcleo da cooperativa. “A Languiru possui compromisso com os associados e as comunidades onde está inserida, e essa representatividade é muito forte, também, graças ao trabalho das lideranças locais. Certamente esse empenho conjunto contribui significativamente para a credibilidade do sistema cooperativo brasileiro, em especial do Rio Grande do Sul.”

Para ele, o trabalho social desenvolvido pela Languiru permite que o associado sinta-se e exerça, efetivamente, seu papel de “dono da cooperativa”, estimulando a sua participação na tomada de decisões. “Os líderes de núcleo estreitam a relação da Languiru com seu quadro social. Eles são fundamentais em trazer e levar informações importantes aos associados, à direção e aos colaboradores da cooperativa. Na Languiru, os associados têm facilidade de acesso à direção que elegeram”, ressaltou, destacando ainda a permanência dos jovens no campo e os produtos de qualidade da Languiru, comercializados no mercado nacional e internacional.

Ainda relacionado à fidelização dos associados, Bayer e Kreimeier falaram dos programas de estímulo à educação, com bolsas de estudos para colaboradores, associados e filhos de associados, e da bonificação por qualidade da matéria-prima e por infraestrutura apropriada nas propriedades rurais.

Sunchales, capital do cooperativismo na Argentina

Sunchales, na província de Santa Fé, é considerada a capital do cooperativismo argentino. Na cidade, a SanCor possui planta industrial com produção de leite em pó, leite UHT, leites especiais e doce de leite. Além dessa, a cooperativa ainda conta com outras 14 unidades fabris na Argentina.

Fundada em 1938, a SanCor tornou-se uma das mais importantes cooperativas de produtores de leite do mundo, contando com cerca de quatro mil associados, dos quais 1,4 mil produtores de leite. Seu rigoroso controle de qualidade atua em todas as etapas do processo de fabricação, desde a origem nas fazendas leiteiras até o produto final, utilizando tecnologia de ponta e profissionais altamente especializados. A cooperativa é o maior exportador argentino de produtos lácteos.

A SanCor produz 1,3 bilhão de litros de leite por ano, possui três centros de distribuição na Argentina e conta com 4,7 mil funcionários. Produz mais de 150 produtos diferentes e exporta para mais de 30 países.

Entre os principais produtos estão manteiga, queijos, leite em pó e UHT, doce de leite, leite refrigerado e leites especiais, iogurte, cremes, sobremesas, entre outros.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...