Projeto Utilcard é apresentado na Acil

Benefício é estendido como forma de alavancar o associativismo e fomentar o comércio local.

Cerca de 50 convidados participaram de almoço de apresentação, nesta terça-feira (10.10), na Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). A exposição, intitulada “Cartões de benefício Utilcard”, teve como apresentadores Idalaura Fracaro e Josuel Blau, colaboradores da entidade e responsáveis pelo projeto Utilcard em Lajeado.
“O Utilcard iniciou em Santa Catarina, onde há 15 anos vem tomando expressivo espaço. O projeto atende a milhares de credenciados e conveniados e movimentou, em 2016, mais de 235 milhões de reais”, informa Blau.

Util Card
O cartão Util tem como intuito atender à necessidade de adiantamento salarial do colaborador nas compras de manutenção do lar, saúde e necessidades básicas. É uma forma de beneficiar o funcionário, oferecendo-lhe o adiantamento salarial, facilitando o fluxo de caixa da empresa.

Como funciona?
A empresa libera um limite de crédito para o funcionário. Este faz uso do cartão durante o mês nos estabelecimentos credenciados. O valor utilizado será debitado em sua folha de pagamento no mês subsequente.

Util Alimentação
O cartão Alimentação é uma forma de beneficiar o funcionário oferecendo-lhe um adicional mensal. Ele atende às exigências do Programação de Alimentação do Trabalhador (PAT).

Como funciona?
A empresa gera um crédito mensal. O valor é destinado à alimentação do funcionário, que o utiliza nos estabelecimentos credenciados. Este benefício não gera encargos para a empresa e pode reduzir o Imposto de Renda devido.

Associativismo
O projeto UTIL tem como principal objetivo o associativismo. Visa incentivar o comércio local, diminuindo taxas e fazendo com que os valores fiquem retidos na região.
A pequena taxa dos cartões UTIL, inferior a praticada por outras bandeiras no mercado em geral, serve apenas para o gerenciamento do projeto. O restante obtido através do montante retorna para o local de origem.
“Os cartões UTIL Card e UTIL Alimentação não são onerados por mensalidades, anuidades ou quaisquer outros tipos de encargos, além da taxa sob a venda do produto. Reiteramos que não há custo às empresas conveniadas,” ressalta Idalaura.

 

Fonte Imprensa Acil

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...