Produtores iniciam colheita de soja em Taquari

Uma produção que não era muito comum e vem crescendo em Taquari, ainda que de forma tímida, a soja vai se tornando cada vez mais frequente na agricultura do município. O produtor Luis Carlos Eckert (39) iniciou a colheita de suas lavouras, que somam cerca 80 hectares no total, durante a última semana. Para a próxima safra, ele pretende ampliar sua produção para 200 hectares do grão.

Eckert conta que sua produção já deve ter um aumento considerável na safra deste ano. “Apesar de ter aparecido problemas como a ferrugem e insetos na lavoura, creio que minha produção renderá entre quatro a cinco mil sacos, apresentando um crescimento de 15% a 25% em comparação ao ano passado”, afirma. O produtor acredita que o atual preço do grão está atrativo. “O preço continua bom, apesar de ter recuado um pouco nas últimas semanas, mas o dólar fez com que ele se mantivesse estável”, ressalta.

Apesar do aumento da produção, Eckert conta que a quantidade de grãos que são desperdiçados é muito grande. “Há uma grande quantidade de soja que não é colhida porque fica em áreas mais baixas do que o restante da lavoura”, salienta. Outro ponto que o produtor destacou são os perigos durante a colheita. “O maior risco que corremos é o incêndio, um amigo meu já perdeu uma colheitadeira. Isso acontece devido ao clima seco, então qualquer fagulha ou até mesmo uma bituca de cigarro são suficientes para iniciar um incêndio que pode destruir a lavoura inteira”, conta o produtor.

O produtor afirma que já está em negociação para aumentar a área de plantação para o ano que vem. “Tenho possibilidade de triplicar a área, mas tudo depende, pois tenho que realizar análise de solo e negociar preço dos terrenos. Acredito que vai dar tudo certo, mas existem muitos fatores a serem analisados antes de afirmar algo.”

O secretário da Agricultura, Romacir Martins, esteve acompanhando o produtor durante a colheita de uma de suas lavouras, localizada na localidade de Caramujo. Romacir destacou que a Administração Municipal está à disposição para auxiliar no que for necessário. “É importante valorizar a diversificação rural, pois isso torna a agricultura forte e capacitada. Vamos apoiar o produtor para que ele consiga aumentar sua área de produção, afinal isso valoriza o município e gera crescimento na cidade”, acredita.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...