Produção de milho se mantém estável na região, aponta IBGE

Na propriedade rural de Marino José Johann (62) – e nas terras vizinhas, utilizadas para plantação -, em Santa Clara do Sul, a família do agricultor cultiva cerca de 60 hectares de milho. Do total, 20 hectares são destinados à produção para silagem, para a alimentação das 35 vacas leiteiras. Nos demais, está a plantação de milho em grão, destinado à venda.

O trabalho de Johann e dos quatro familiares no cultivo do milho soma-se a de outros agricultores do Vale que, no ano passado, garantiram que a região produzisse 215 mil toneladas do cereal – o equivalente a quase 4% da produção do Estado. Os dados da Produção Agrícola Municipal foram divulgados na quinta-feira, dia 5, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e apontam uma estabilidade na produção regional – entre 2013 e 2014 houve uma ligeira queda de 0,11%.

Apesar de a cultura do milho não ser uma das maiores da região, ela está presente na maioria das propriedades familiares e atua como peça fundamental na engrenagem das cadeias leiteira, avícola e suína. “É uma das culturas que tem mais abrangência. Ela é importante, principalmente, para a produção de leite, com a produção de silagem para as vacas, e também para a suinocultura e avicultura, retornando para a propriedade em forma de ração”, comenta o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Alano Thiago Tonin.

Johann confirma a importância do cultivo do grão para uso na propriedade. Atualmente, a produção diária de cerca de 660 litros de leite é uma das principais fontes de renda da família – atrás, apenas, da soja – e a que mais garante segurança no orçamento. Toda a silagem utilizada para alimentar as vacas é oriunda da própria plantação. De acordo com o agricultor, se fosse preciso comprar o produto, a produção de leite seria inviável. “Sem silagem não dá para ter vaca leiteira”, argumenta.

Anta Gorda: maior produtor do Vale

Anta Gorda é o município do Vale do Taquari que lidera no ranking estadual da produção de milho, na 28º posição. Nas propriedades rurais da cidade foram cultivadas 32.967 toneladas, em 2014. O município também lidera entre os com maior área plantada, na região, com 5.940 hectares. No total, as plantações do grão nas 38 cidades do Vale somam 48.695 hectares – o correspondente a 5,26% da área plantada no Rio Grande do Sul.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...