Produção de chocolates para a Páscoa aumenta 30% na região

Faltando mais de dois meses para a Páscoa, que será comemorada em 5 de abril, a produção nas principais fábricas de chocolate do Vale do Taquari já está a todo vapor para atender a demanda normal da época, que é considerada a mais lucrativa para o setor.

Na Divine Chocolates, de Encantado, a fabricação de ovos de chocolate e demais produtos voltados para a Páscoa teve início em dezembro do último ano. De acordo com a engenheira de alimentos Simone Boni, que atua no desenvolvimento de produtos e controle da produtividade, o serviço inicia-se cedo para que a empresa consiga atender a grande demanda do período e pelo fato de o processo ainda ser muito manual.

Simone diz que a expectativa é positiva para a Páscoa deste ano. Por isso, a empresa vai aumentar a sua produção em pelo menos 30%, numa comparação com o mesmo período do ano anterior. Ela salienta que isso se deve ao fato de a indústria ser nova e se encontrar em expansão, sendo esta a sua quarta Páscoa. Além disso, Simone garante que os chocolates produzidos pela Divine estão sendo bem aceitos pelo público ao qual se destinam, o mercado varejista dos estados do Rio Grande do Sul e Paraná.

Segundo Simone, a projeção para a Páscoa tem como base o aumento registrado no Natal, quando a empresa precisou agilizar a produção para conseguir dar conta da demanda. Ela cita que, na própria rede de lojas da marca, uma franquia teria registrado cerca de 60% de aumento nas vendas durante o período natalino.

Na expectativa de agradar os consumidores, Simone conta que os produtos começam a ser pensados por volta do mês de setembro. Para aprimorá-los, ela diz que são realizadas pesquisas de mercado e visitas a feiras nacionais do setor chocolateiro, com a finalidade de incorporar novos ingredientes e agregar sabor às receitas. Além disso, são pensadas linhas de produto para públicos específicos. Atualmente, a empresa trabalha, por exemplo, na produção de uma linha de chocolates sem açúcar e sem lactose.

Área de atuação

Outra fábrica que aumentou a produção de chocolates em 30% para a Páscoa é a Sirlei Chocolates, de Estrela. De acordo com o proprietário Harri Schneider, a empresa encontra-se em expansão em função de estar ampliando a sua área de atuação. O foco das vendas deixou de ser apenas o Rio Grande do Sul e Santa Catarina e passou a abranger os estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso.

Para conseguir atender à demanda, Schneider diz que a empresa iniciou a fabricação de chocolates voltados para a Páscoa ainda em dezembro e desde o dia 5 deste mês, a produção encontra-se “a todo o vapor”. Apesar de terem realizado novas contratações para aumentar a produção de chocolates em 30%, tanto a Divine Chocolates quanto a Sirlei Chocolates afirmam que também recorrerão ao pagamento de horas-extras para que os pedidos não atrasem.

A Vonpar Alimentos, de Arroio do Meio, responsável pela marca Neugebauer, não informou a expectativa em números para a Páscoa, apesar de esperarem um bom incremento no volume de vendas para o período. Conforme a coordenadora de Marketing e Produtos da Vonpar, Bruna Brehm, a marca Neugebauer não produzirá ovos de chocolate e nem realizará contratações temporárias para o período. A empresa produz chocolates, candies e pirulitos para atender o mercado nacional (Sul e Sudeste são os maiores consumidores da marca) e também o mercado internacional, visto que a Neugebauer exporta para cerca de 35 países.

Período oportuniza vagas de emprego

Para dar conta da produção de chocolates para a Páscoa, bem como para atender as suas necessidades de expansão, a Divine Chocolates e a Sirlei Chocolates reforçaram o número de funcionários. Na Divine, Simone informa que está prevista para este mês a contratação de até 20 pessoas, que se somarão aos 50 profissionais que já atuam na produção. Na Sirlei, as contratações já ocorreram. De acordo com o proprietário, a empresa possui um média de 30 funcionários, mas com a contratação dos temporários o número chega a 45. Devido ao fato de as empresas estarem expandindo a produção, ambas destacam a possibilidade de esses profissionais serem incorporados de forma definitiva às suas equipes de trabalho.

Prestes a mudar-se para Estrela, Renata Freese (19), de Roca Sales, viu na Sirlei Chocolates a oportunidade de um novo emprego. Ela iniciou o trabalho na quinta-feira (15) e a expectativa é de continuar na empresa depois do período de produção mais voltada à Páscoa, uma vez que a intenção dos proprietários do empreendimento é de manter os novos funcionários e o ritmo de produção mais elevado mesmo após este período. Sobre como está sendo trabalhar rodeada por tanto chocolate, Renata afirma: “Dá vontade de comer”.

Quem também trabalha em meio à tentação do chocolate é Claudice Dalpasquale, que atua como auxiliar de produção na Divine Chocolates há cerca de dois anos. Antes disso, dedicava-se à produção de doces, de forma autônoma. Ela conta que é possível acompanhar todo o processo de produção, da preparação até o embalamento. Claudice diz que, no início, dava vontade de comer, mas aos poucos se acostumou. “É preciso se controlar.” A empresa garante que não proibe os funcionários de comer.

Aposta em produtos diferenciados

Com o objetivo de conquistar os consumidores, as fábricas de chocolate da região apostam na personalização e no gosto por produtos diferenciados para a Páscoa. Na Sirlei Chocolates, uma das apostas tem sido a produção de biscoitos de mel que ganham a forma e as cores da Páscoa, além dos tradicionais ovos e coelhos de chocolate. De acordo com o proprietário, o diferencial da empresa é o aspecto artesanal, que acaba por agregar valor aos produtos. Soma-se a isso o investimento no embalamento e na elaboração de cestas para presente.

Segundo Schneider, a Sirlei Chocolates tem como foco a venda em lojas especializadas, a exemplo de bombonieres, floriculturas e empórios. Além disso, mediante encomenda, a empresa personaliza produtos para pessoas e empresas.

Além da linha tradicional voltada à distribuição em mercados, a Divine Chocolates também aposta em produtos diferenciados que são vendidos junto às lojas franqueadas da marca. São kits personalizados que fazem alusão a times de futebol, por exemplo.

A Vonpar Alimentos, por sua vez, inovará este ano através da campanha ‘Páscoa para todo Mundo’. O departamento de Marketing e Produtos da empresa explica que o mercado de Páscoa tem demonstrado uma grande redução na venda de ovos, já que o consumidor tem levado em consideração o custo-benefício.

“Neste cenário, a Neugebauer lança a ‘Páscoa para todo Mundo’, através da qual vai trabalhar a sua linha de chocolates com o lançamento de três novos produtos e ações de ‘compre e ganhe’ brindes nos pontos de vendas, visando facilitar e ampliar a compra para o consumidor presentear ‘todo mundo’, família e amigos, desembolsando um valor justo e com uma excelente relação custo-benefício”, destaca a coordenadora do setor.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...