Primeira entrega do Programa de Aquisição de Alimentos é realizada em Lajeado

Em evento realizado na tarde desta segunda-feira, dia 13, no Parque do Imigrante, o município de Lajeado oficializou a primeira entrega de produtos por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal. A ação beneficia 82 agricultores de dez municípios dos vales do Taquari e Rio Pardo, que agora possuem uma alternativa a mais para comercialização de seus produtos, com um investimento de R$ 418 mil reais que serão pagos diretamente aos produtores.

Ao mesmo tempo, o programa permite às entidades que trabalham com público em situação de insegurança alimentar – sejam elas públicas ou privadas de assistência social – encontrarem uma forma de amenizar a deficiência causada pela falta de uma alimentação qualificada. Em Lajeado, o PAA beneficiará mais de duas mil pessoas de entidades como Sociedade Lajeadense de Auxílio aos Necessitados (Slan), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e Associação da Assistência a Infância e Adolescência (Saidan).

Por meio do PAA cada agricultor poderá entregar, em produtos, um valor que não exceda o limite de R$ 5,5 mil ao ano. Em Lajeado será adotada a modalidade Doação Simultânea, a qual o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), por meio de seus recursos, adquire produtos da agricultura familiar, repassando às entidades beneficiadas. Entre os produtos que foram entregues, estão hortaliças diversas, frutas, biscoitos, compotas, pães, massas, ovos, carne de galinha, linguiça suína, entre outros.

Representando as entidades beneficiadas, a coordenadora pedagógica da Slan, Angelisa Klein, valorizou o esforço da prefeitura de Lajeado e da Emater/RS-Ascar no sentido de viabilizar o PAA no município. “Por meio do Programa temos a garantia do acesso a alimentos em quantidade, qualidade e regularidade necessárias às populações em situação de insegurança alimentar e nutricional, ao passo que promove também a inclusão social no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar”, enfatizou.

A agricultora Janete Pflugseder, da localidade de São Bento, em Lajeado, e responsável por uma agroindústria de embutidos, também reconheceu no programa uma excelente alternativa para colocação de produtos no mercado. “Algo que é feito de forma segura, com menos atravessadores e de maneira centralizada, o que facilita o processo, reduzindo os nossos gastos”, analisou. “Ao mesmo tempo também ficamos felizes em saber que os nossos produtos estão sendo consumidos por pessoas que realmente necessitam deles”, afirmou.

O gerente adjunto da Emater/RS-Ascar, Carlos Lagemann, lembrou o exemplo de Pouso Novo que, desde o ano passado, já operacionaliza o PAA em seu município. Outras prefeituras, como as de Estrela, Teutônia, Arroio do Meio e Roca Sales também estudam a possibilidade de adesão ao programa, futuramente, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Cooperativismo (SDR). “Para nossa Instituição uma ação como esta é motivo de orgulho, pelo bem social proporcionado e pela possibilidade de direcionar as políticas públicas para quem realmente precisa”, afirmou Lagemann.

Outras autoridades, como o prefeito de Lajeado Luiz Fernando Schmidt, o vice-prefeito Vilsinho Jacques, o secretário de Agricultura Ricardo Giovanella e a prefeita de Mato Leitão Carmen Goerck, também participaram da solenidade. Schmidt reconheceu a importância dos produtores rurais não apenas de Lajeado, mas dos municípios vizinhos, que são os responsáveis por colocar a comida na mesa das pessoas, diariamente. “Um trabalho que deve ser reconhecido e valorizado”, finalizou.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...