Presídio de Venâncio liberado com participação da Alsepro

O problema que impedia a liberação da nova penitenciária de Venâncio Aires, inaugurada no ano passado e ainda não ocupada por apenados devido a uma interdição, está sendo sanado nesta semana.

A partir da participação da Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), sediada em Lajeado, e do Conselho da Comunidade de Assistência ao Preso, as mesas de concreto – consideradas perigosas e irregulares após vistoria que liberaria a cadeia – foram removidas.

Entre esta quinta-feira, dia 19, e pelos próximos dias, apenados do Presídio Estadual de Lajeado serão encaminhados para a penitenciária venancioairense a fim de realizar a limpeza do local e a retirada do material de construção que sobrou da retirada das mesas.

A medida foi tomada depois de reunião entre diretores da entidade, do conselho, representantes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e o juiz Luís Antônio de Abreu Johnson, diretor do fórum de Lajeado.

Um acordo entre as comarcas de Venâncio Aires, Santa Cruz do Sul e Lajeado assegura que a nova penitenciária receberá somente apenados dos vales do Rio Pardo e Taquari. A Lajeado caberão 150 vagas.

Assembleia

Na próxima quarta-feira, dia 25, a Alsepro realiza Assembleia Geral Ordinária para apresentação de números e resultados. O encontro ocorre na sede do Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Taquari (Sincovat), situada na Rua Venceslau Braz, n° 55, Bairro São Cristóvão, Lajeado. A Assembleia terá seu início às 7h30min em primeira convocação, e, não havendo quórum legal, será realizada em segunda e última convocação às 8h no mesmo dia e local, com qualquer número de associados presentes.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...