Prefeitura de Lajeado fiscaliza áreas do Distrito Industrial

O Distrito Industrial (DI) de Lajeado, localizado no Bairro Centenário, está com quase todos seus lotes comercializados. Alguns em fase final de construção e outros em fase de distrato por não cumprimento dos prazos ou desistência por parte do proprietário. Segundo a chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Inovação (Sedei), Kelen Krüger, além das empresas instaladas, outras nove estão instalando suas unidades industriais. Algumas dependem da liberação por parte de órgãos como Meio Ambiente e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Quatro empresas assinaram contrato de promessa de compra e venda e encaminharam os ajustes do projeto à Secretaria de Planejamento (Seplan). Alguns pontos devem ser levados em consideração na hora de adquirir um lote no DI. Após a compra, o proprietário terá 120 dias para iniciar a construção, com pena de rescendimento do contrato. O prazo máximo para o pagamento do lote é de 48 meses, com inclusão da carência de 18 meses.

O metro quadrado de lote de área pavimentada é de R$ 90,31 e a não pavimentada R$ 79,02. Valores sofrem mudança de acordo com reajuste dos tributos municipais a cada ano.

A indústria deverá ocupar no mínimo 40% do lote em sua construção, até o fim do prazo estipulado de carência, que pode ser prorrogado se as secretarias julgarem necessário

Empreendedores que desejarem adquirir uma área no DI, deverão apresentar documentação da constituição, estudo de viabilidade econômico financeiro do empreendimento, devidamente assinado por profissional habilitado, constando a descrição dos investimentos a serem executados. A Sedei disponibiliza modelo de carta consulta para preenchimento com dados.

As propostas que chegam a Sedei são devidamente avaliadas e aprovadas pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico Municipal (Condem), responsável também por analisar se o empreendimento demandará mais de um lote.

A Sedei visita o DI junto com demais secretarias responsáveis, afim de fiscalizar o andamento das obras.

Asfaltamento

Também se encontra tramitando, projeto que prevê asfaltamento da Rua Albino Wolf do DI. Os recursos, na ordem de R$ 500 mil, estão disponíveis, mas o início das obras depende de processo licitatório que está em andamento.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...