“Precisamos melhorar para vender o Vale”

A região contempla um dos maiores potenciais turísticos do RS. Cascatas, grutas e belas paisagens se unem a uma gama de festividades e atrações típicas da cultura local. Mas o setor é pouco explorado e, para o novo presidente da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales) e prefeito de Dois Lajeados, Valnei Cover, carece da união de esforços para avançar. Empossado na última sexta-feira, dia 26, tem mandato de dois anos.

A cerimônia de posse ocorreu às 19h, em Encantado. Uma das grandes apostas da associação para este ano, o início do trem turístico entre Estrela e Guaporé. No dia 8 de março, comitiva de prefeitos, da Amturvales, representantes da ALL e da empresa que prestará o serviço, Serra Verde Express, se reúne em Curitiba para discutir o projeto. Resta ainda aval do Dnit, visto que serão usados os mesmos trilhos onde hoje ocorre o transporte de mercadorias.

Mas para o presidente da associação o roteiro por si só não será o suficiente para potencializar o turismo. É preciso trabalhar de maneira para oferecer atrações paralelas aos visitantes. “Ninguém vai vir aqui só para dar uma volta de trem. Temos que ter à disposição das pessoas outras coisas, para que possam, por exemplo, passar um fim de semana inteiro percorrendo a região.”

Cover substitui Leandro Pitol, que respondeu pela associação após o pedido de afastamento do ex-prefeito de Colinas, Gilberto Keller. Mesmo carente de infraestrutura, o Vale recebeu cerca de 300 mil visitantes em 2014, de acordo com dados da Amturvales. Entre eles, frequentadores dos roteiros, turistas individuais e visitantes a negócios.

A associação foi criada em março de 1995, com um quadro associativo formado apenas por representantes de administrações municipais. Quatro ano depois, a iniciativa privada entrou com a participação de hotéis, restaurantes, agências de viagens, entre outros. Hoje mais de 80 estabelecimentos compõem os nove roteiros da região.

Participam da associação 22 municípios da região. Nove rotas estão cadastradas. A Amturvales tem um orçamento anual de aproximadamente R$ 120 mil. O dinheiro é repassado pelos municípios e empresas associadas.

União de esforços

Prefeito de Dois Lajeados, Valnei Cover assumiu a presidência da Amturvales na sexta-feira, dia 26. Para ele, o Vale do Taquari precisa se unir em prol do turismo regional. Ele pede confiança aos projetos da associação.

O Vale é rico em belezas naturais. Mas falta infraestrutura, seja em estradas e hotéis, em especial nas pequenas cidades. O que é preciso para agilizar a preparação da nossa região para nos tornarmos um potencial turístico no RS?
Valnei Cover – Nós precisamos trabalhar em conjunto. A solução não está nas mãos da Amturvales ou de um prefeito. Temos que trabalhar em um todo, buscando parcerias na iniciativa privada e mostrando que o Vale tem condições. Em primeiro lugar, precisamos melhorar para vender o Vale. Em segundo, montar roteiros e sinalizar a região. Terceiro, criar uma cultura de turismo. E isso leva tempo, é uma evolução.

Posto em prática o projeto do trem turístico, você acha que ele pode ser o grande diferencial para expandir o turismo no Vale?
Cover – Vai ser um grande momento, que realmente vai marcar o turismo. Mas sozinho não adianta. Precisamos aproveitar bem este momento e explorar os nossos potenciais, com um trabalho paralelo. Temos feiras, temos cascatas, grutas. O turista não virá apenas passear de trem e ir embora.

Você substitui uma gestão que foi contestada e culminou em um enfraquecimento da Amturvales. Como recuperar o prestígio?
Cover – Queremos unir todos em torno da Amturvales. Queremos buscar as pessoas para que voltem à associação. Esperamos que as pessoas entendam, que nos deem um voto de confiança para começarmos a montar nossa ideia e depois possam cobrar o nosso resultado.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...