Planejamento define metas em cinco comunidades de Progresso

Cinco comunidades já planejaram juntamente com a Emater/RS-Ascar as prioridades que serão desenvolvidas nos próximos dois anos e meio da Chamada Pública da Sustentabilidade. Foram duas reuniões para que as metas fossem definidas juntamente com os agricultores.

As comunidades de Alta Picada Serra, Lagoa Dutra e Sede definiram a produção de leite, manejo de solos e água para abastecimento das propriedades como suas prioridades. Alto Honorato escolheu produção de leite, manejo de solos e gestão de propriedades. A comunidade de Tiririca definiu produção de leite, água para abastecimento e fruticultura. A tendência é que o Leite apareça como a prioridade mais escolhida. Isso irá demandar um trabalho de assistência técnica como dias de campo, palestras, excursões e visitas nas propriedades.

Segundo a Emater/RS-Ascar e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Progresso, é uma oportunidade de atender as demandas reais dos produtores, com assistência técnica e extensão rural planejada, gerando melhoria de renda e qualidade de vida, com sustentabilidade. Algumas ações como tarde de campo sobre técnica de amostragem de solo, podas e tratamentos fitossanitários de frutíferas, proteção de fontes de água, levantamento de dados de rebanhos e produção de leite foram agendadas e serão realizadas pela Emater/RS-Ascar.

As próximas reuniões de planejamento das outras comunidades serão finalizadas no próximo mês. Estas prioridades serão apresentadas a Administração Municipal e STR que serão parceiras em algumas atividades de orientação técnica.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...