Pesquisa revela que gaúchos querem ir às compras para a Primavera/Verão

Dados da AGV também revelam que 37,8% pensam em comprar até três itens das novas coleções

Neste ano, o frio chegou mais cedo fazendo com que muitas pessoas tivessem que comprar roupas para estarem preparados para as temperaturas baixas. Para saber o comportamento do consumidor em relação à proximidade da primavera e do verão, a Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo realizou uma pesquisa chamada Tendências AGV.

De acordo com o levantamento, 85,2% dos gaúchos devem renovar seu guarda-roupa para os próximos meses, e 37,8% deles afirmam que irão comprar até três itens das novas coleções, demonstrando que o consumidor até reduz as despesas, mas não deixa de consumir o que acha importante. Conforme o presidente da AGV, Vilson Noer, o momento econômico tem forçado os consumidores a fazer cortes nos seus orçamentos, economizando em outros gastos fora de casa, com lazer e itens considerados supérfluos. “As pessoas se importam em ter ao menos um item novo a cada nova estação o que também reflete, de certa forma, um novo momento da economia projetada para os próximos meses como mais promissora”, afirma o dirigente.

Dos entrevistados, 63% se preocupam com moda ao comprar roupas e sapatos para as novas estações. Confirmando esse comportamento, 44,2% dos que responderam as perguntas afirmam que compram por uma questão de necessidade, para estarem bem vestidos e preparados para a estação, e 41,9% aproveitam promoções e condições de pagamentos facilitados para renovar o guarda-roupa.

Peças jeans, sapatos, blusas, roupas esportivas e roupas claras são as preferências dos gaúchos para suas compras. A pesquisa também aponta que 55,6% das mulheres adquirem até três novos pares de sapatos a cada ano. Na hora da compra, 55,6% optam pelas peças com preços mais baixos, e 40% escolhem sempre as lojas de confiança.

“Os consumidores já estão procurando por roupas primavera/verão e 50% dos gaúchos revelaram que comprarão a mesma quantidade do que em 2015. Então, o mais importante agora é se adequar para as novas estações”, destaca Noer.

Fonte AGV

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...