Pedro Antonio Barth toma posse da Cacis

Em especial cerimônia realizada na noite de sexta-feira, dia 1º, o empresário Pedro Antonio Barth tomou posse no cargo para o qual já havia sido eleito por aclamação no último mês: presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Estrela (Cacis) para a gestão 2016-2018. A solenidade no Estrela Palace Hotel contou com a presença de autoridades, políticos, dirigentes, sócios da entidade, empresários e familiares, como também a equipe da Cacis e a nova diretoria, entre eles os sete vice-presidentes que estarão ao lado do novo comandante. Barth, até então vice na pasta de Prestação de Serviços, assume o posto de Verno Arend, que por dois anos presidiu a entidade.

Pedro Antonio Barth tem 66 anos e é empresário do ramo de transportes (proprietário da P. Barth Transportes Rodoviários). A chapa liderada pelo ex-vereador (14 anos), que sempre esteve à frente dos mais diversos projetos e causas sociais, foi a única candidata ao posto e eleita por aclamação na assembleia realizada mês passado. Barth destacou os desafios que terá pela frente ao assumir o posto. Citou a importância dos trabalhos voluntários, da existência de uma harmonia entre os poderes e alertou para a estagnação do país, principalmente quanto aos investimentos. “Se não há investimentos, não há crescimento.”

Continuidade

Em seu primeiro pronunciamento como presidente, Barth citou a grande responsabilidade que assume, principalmente com a missão, desde já, de dar sequência ao trabalho até então realizado, sempre promovendo o crescimento. “É uma alegria imensa poder representar pessoas de tanta qualidade. Dei o meu sim pelas pessoas que me abraçaram na causa de fazer com que a Cacis continue o que sempre foi, exemplificado na figura dos ex-presidentes, os aqui presentes e aqueles que já partiram”, destacou.

Barth expressou seu objetivo de propiciar um conhecimento contínuo aos sócios da Cacis e à comunidade. “Não podemos nos acomodar, as coisas mudaram, nossos clientes de hoje mudaram, nossa crianças, clientes do amanhã, também. E nós devemos estar preparados para isso” destacou. “E neste processo, as nossas escolas, principalmente as profissionalizantes, a La Salle e a Cacis, ao proporcionarem palestras, cursos, enfim, são fundamentais, assim como a união das classes e equipes”. O presidente, que citou as tarefas já discutidas e acatadas, como seguir os projetos do Planejamento Estratégico de Estrela, da Mobilidade Urbana do município; e, principalmente, a realização com ainda mais força e atrativos da Multifeira 2017, mais uma vez no Porto de Estrela, ainda exaltou um sonho. “Agregar um ‘a’ à Cacis. Transformá-la em Cacisa, com o incremento do ‘a’ da agricultura, do agronegócio, tão fundamental quanto a indústria, o comércio e os serviços para o bem do nosso município, da nossa comunidade, dos nossos filhos. Não temos como separar estas forças. É preciso somar, unir, e tantas coisas exemplares neste sentido já foram feitas”, finalizou, para aplausos de todos.

Despedida

O agora ex-presidente Verno Arend, que na sexta-feira completou exatos cinco anos em Estrela, quando chegou ao município para comandar a empresa Longevitá, citou em seu discurso de despedida os desafios que teve pela frente quando foi incumbido de assumir a presidência da Cacis. “Então em franca expansão e desenvolvimento”, como classificou. “O primeiro, ao ter aceitado este desafio de, apenas com três anos no município, ainda muito desconhecido dos empresários, comerciantes e da comunidade como um todo, estar à frente de uma entidade tão expressiva e importante como esta. Mas fui muito bem recebido por toda a comunidade, classe empresarial, ganhei sempre apoio de todos os poderes constituídos, tive trânsito livre em todos os segmentos, muito graças a todos os parceiros da minha diretoria, e pude, acredito, colaborar para com os objetivos da Cacis”, disse ele, ao saudar as parcerias com os poderes executivo e legislativo do município e outras entidades. Verno também lembrou os avanços conquistados nos dois últimos, como o trabalho em torno do novo Planejamento Estratégico para Estrela, a integração da Faculdade La Salle às ações da Cacis e especialmente a realização da Multifeira no Porto, o que considerou a maior e melhor feira de Estrela. “Recuperou em parte aquela área e também o orgulho dos estrelenses”, concluiu.

Na noite festiva, também discursaram ao público presente o prefeito de Estrela, Carlos Rafael Mallmann, e o ex-presidente da Cacis, Henrique Purper, então representando a Câmara da Indústria, Comércio e Serviços (CIC) do Vale do Taquari, que desejaram sorte e bom trabalho à nova diretoria e equipe da Cacis. Barth recebeu ainda os cumprimentos do presidente do Legislativo estrelense, Adriano Scheeren; de Miguel Arenhart, novo presidente da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil); e Renato Lauri Scheffler, presidente da Câmara da Indústria e Comércio (CIC) de Teutônia. Prestigiaram o evento mais de 200 pessoas representantes os mais diversos segmentos, clubes e entidades públicas, privadas e sociais. Um jantar festivo encerrou a noite.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...