Paverama inaugura primeira agroindústria do município

No final da manhã de sexta-feira, dia 11, foi inaugurada a primeira agroindústria do município de Paverama. Denominada Hasul, a agroindústria do casal Dalis Hauenstein e Lindomar Suliman foi uma das primeiras na produção de ovos de codorna no município, tendo iniciado as atividades em 2005, com seis mil codornas em postura. Toda a produção era vendida por outra agroindústria local.

Segundo a proprietária, Dalis Hauenstein, a família logo observou que a produção era rentável e, devido à necessidade de produção em maior escala, investiram na ampliação da atividade. “Dessa maneira agregamos valor à matéria-prima, melhorando a renda da família. Mas isso só foi possível graças à inscrição no Programa da Agroindústria Familiar”, agradeceu a proprietária.

O prefeito Vanderlei Markus enalteceu as parcerias e o trabalho para desenvolver esse projeto. “Nós da Administração Municipal estamos felizes em poder estar participando da inauguração, compartilhando junto com vocês da primeira agroindústria de nosso município. Espero que esta seja a motivação para outras famílias poderem dar continuidade nesse projeto que está sendo bem elaborado, por meio destas parcerias que são feitas através do Governo do Estado, Emater/RS-Ascar, Secretaria da Agricultura e Administração Municipal”.

O presidente da Emater/RS-Ascar Lino De David agradeceu a iniciativa e espírito empreendedor da família beneficiada pelo programa. “Nesses três últimos anos, a agricultura familiar foi priorizada porque se trata de mais de 380 mil famílias focadas na produção do alimento para o campo e cidade. O setor primário ganha destaque com a recuperação das funções públicas do Estado e cumprimento da sua missão. Dentro da priorização estão o acesso e subsídios dados a essas famílias à informação, conhecimento e tecnologia. Mesmo assim, um bilhão de pessoas ainda passam fome no mundo. Por isso, cada vez mais tem de se investir no homem do campo e na melhor distribuição dos alimentos””, avaliou o presidente da Emater/RS-Ascar.

Atualmente a família tem 26 mil codornas em postura, com uma produção de 1.730 dúzias de ovos por dia. A agroindústria iniciou as suas atividades no ano de 2014 e está processando atualmente em torno de 50% do ovo produzido na propriedade, com o objetivo de chegar a 100% em curto prazo.

Também estiveram presentes e se pronunciaram diversas autoridades, entre elas o prefeito Vanderlei Markus; o vice-prefeito, Edgar Hauenstein; o presidente da Câmara de Vereadores, Eldo Dickel; e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Luiz Ricardo Kochem.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...