Parceria Sinduscom VT e Sebrae: Projeto quer impulsionar setor moveleiro no Vale

Com o objetivo de aumentar a produtividade e a competitividade das indústrias moveleiras, além de fortalecer o setor na região, o Sindicato das Indústrias da Construção Civil, Mobiliária, Marcenarias, Olarias e Cerâmicas para a Construção, Artefatos e Produtos de Cimento e Concreto Pré-Misturado do Vale do Taquari (Sinduscom VT), em parceria com o Sebrae, promove o Projeto Moveleiro do Vale do Taquari.

O programa, com duração de dois anos, trabalha questões como educação empreendedora, consultoria, gestão, inovação e resultados. As capacitações iniciam no dia 1º de abril e são restritas a 30 empresas moveleiras. Para participar os interessados precisam ser associados ao Sinduscom VT e estar em dia com as contribuições e impostos sindicais.

Através da parceria, o Sebrae subsidia 70% das ações, enquanto que 50% da contrapartida que cabe às empresas são custeadas pelo Sinduscom VT. Segundo a gestora de projetos da indústria do Sebrae Regional VTRP, Cláudia Regina Kuhn, o setor moveleiro é forte na região, mas é preciso fomentá-lo. “O projeto é uma oportunidade para qualificar e trazer forças para o Vale do Taquari. Buscamos produtividade, ou seja, processo e produto, e a competitividade, através das marcas e do mercado.”

Para o diretor do setor moveleiro do Sinduscom VT, Paulo Portz, o projeto viabiliza o acesso diferenciado à capacitação e gestão, com ênfase na melhoria e monitoramento dos processos de produção, financiamento e marketing. Portz destaca ainda a sensibilidade da diretoria em investir neste trabalho, a exemplo de outras regiões que o implantaram e estão colhendo os resultados.

Com o custo de R$ 1.105,00 para as empresas, o Projeto Moveleiro do Vale do Taquari pode ser parcelado em até cinco vezes. Além do treinamento e da consultoria, os estabelecimentos podem participar de exposições em feiras e missões empresariais, ter acesso à rede de consultores especializados no desenvolvimento de pequenas empresas e realizar compras com redução de custos na aquisição de matéria-prima.

As empresas que não são associadas ao Sinduscom VT e têm interesse no projeto, podem se filiar ao sindicato obtendo carência de um ano no valor da adesão. Mais informações sobre o programa e inscrições podem ser adquiridas pelo telefone (51) 3748-4892 ou pelo e-mail sinduscom_vt@yahoo.com.br.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...